Política

Vereador Júnior critica excesso de multas em Apucarana

Da Redação ·
Vereador Júnior critica excesso de multas em Apucarana
fonte: TNONLINE
Vereador Júnior critica excesso de multas em Apucarana

O vereador Júnior da Femac (PDT) recebeu resposta de um requerimento a fim de que fosse informada a média de multas lançadas por mês em Apucarana. De acordo com a resposta, num único mês foram lançadas 2.043 notificações de irregularidades no trânsito, número que o vereador considerou elevado. “Temos quase 70 notificações por dia. É um índice que vem gerando muitas reclamações e, ao que consta, não tem contribuído em nada para humanizar o trânsito, tornando-o mais organizado e mais seguro”, avalia o vereador. Júnior diz ter ouvido vários condutores nos últimos dias e boa parte deles atribui as multas à deficiência do próprio trânsito, com falta de vagas para estacionamento, sinalização deficiente e outros problemas que se arrastam há anos. “O número elevado de notificações atinge também pessoas do Vale do Ivaí que diariamente se dirigem a Apucarana para fazer compras no nosso comércio, para se utilizar dos serviços médicos e de outros profissionais de Apucarana. Será que a forma mais apropriada de recebermos essas pessoas que vêm aqui contribuir com a geração de emprego e renda em nosso município é com uma notificação de trânsito?”, questiona o vereador. Ainda de acordo com Júnior, também vem irritando os motoristas o número crescente de notificações emitidas pela Lapaza, empresa que explora o estacionamento rotativo no município. A falta de clareza sobre como funciona o sistema e a precariedade no número de funcionárias estariam contribuindo para a situação. “Muitas vezes a pessoa chega, tem horário para seu compromisso, não tem moeda para colocar no parquímetro e quer comprar crédito, mas não acha a funcionária. Quando volta, a notificação já está no para- brisa”, afirma o vereador. Também há relatos de pessoas desinformadas que colocam moedas no equipamento, mas ela cai no chão, deixando de registrar o crédito. Os motoristas também se queixam da intolerância, pois muitas vezes se atrasam um pouco na volta, sendo notificados.  “A empresa precisa dialogar melhor com a população, precisa realizar uma campanha de orientação sobre como funciona o sistema. Como está, parece que ela própria aposta na desinformação porque é mais lucrativo continuar lançando notificações”, ressalta o vereador. Nesta semana, também surgiram denúncias de que os idosos estariam sendo desrespeitados em seus direitos, levando sucessivas multas porque seus nomes não estariam legíveis na RG, que eles precisam deixar junto ao para-brisa. “São situações que precisam ser esclarecidas. O apucaranense merece mais respeito”, finaliza o vereador.

continua após publicidade