Política

Demóstenes admite amizade com Cachoeira em sua defesa

Da Redação ·
O senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) disse nesta terça-feira (29) que está passando "o pior momento" da sua vida
fonte: Arquivo
O senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) disse nesta terça-feira (29) que está passando "o pior momento" da sua vida
continua após publicidade
O senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) disse nesta terça-feira (29) que está passando "o pior momento" da sua vida diante do que classificou como "campanha sistemática" de "vazamento diário e permanente" de informações contra ele. No início da sua exposição ao Conselho de Ética, o parlamentar afirmou que era "vítima da maldade". "Devo dizer a Vossas Excelências que vivo o pior momento da minha vida. Vivo um momento que eu jamais imaginaria passar", afirmou. Demóstenes disse que está com depressão, toma remédios para dormir, sem sucesso, e tem visto o distanciamento de amigos desde o final de fevereiro, quando foi deflagrada pela Polícia Federal a operação Monte Carlo, que revelou sua relação com o contraventor Carlinhos Cachoeira. O senador disse que, no período, teve de enfrentar a desconfiança de todos e, diante disso, pensou até em renunciar ao mandato parlamentar.