Política

Beto Pugliese anuncia saída do PMDB em Arapongas

Da Redação ·
O prefeito de Arapongas, Beto Pugliese, confirmou ontem (22) que está saindo do PMDB
fonte: André Veronez
O prefeito de Arapongas, Beto Pugliese, confirmou ontem (22) que está saindo do PMDB

O prefeito de Arapongas, Beto Pugliese, confirmou ontem (22) que está saindo do PMDB. Em entrevista à Tribuna, ele relatou que solicitou anteontem sua desfiliação junto ao partido. A decisão, explicou o prefeito, foi motivada por divergências dentro da sigla, presidida no Estado pelo tio dele, o deputado estadual Waldyr Pugliesi, que é pré-candidato a prefeito em Arapongas.
“Quero ir para um partido onde as decisões possam ser tomadas em conjunto, não de forma unilateral, e sem sofrer pressão de cima para baixo”, argumentou Beto.

continua após publicidade


Mesmo com convites para ingressar em outros partidos, o prefeito disse que ainda não definiu se seu destino político será o PSD, sigla do pré-candidato a prefeito a quem tem manifestado apoio nestas eleições, o presidente da Câmara de Vereadores, Sérgio Onofre. Beto também não antecipou suas intenções em relação ao pleito de 2014, ano em que poderia estrear entre os candidatos a deputado estadual.


“Tenho convites de pessoas interessantes e inteligentes, do Sciarra, do Ratinho. Naturalmente, vou me filiar a algum partido. Mas, no momento, não estou preocupado com isso. Sou prefeito até o dia 31 de dezembro e preciso continuar trabalhando pela cidade”, assinalou.

continua após publicidade

Beto reforçou a preferência por Onofre como seu sucessor na Prefeitura após oito anos de mandato. Para ele, o vereador é o pré-candidato mais preparado para a disputa, de acordo com atual cenário de Arapongas.


“O Sérgio Onofre é quem mais tem acompanhado a nossa administração. Estamos em 2012, temos leis sobre licitação, responsabilidade fiscal, um Ministério Público atuante. Ele está preparado para essa nova visão. Não podemos administrar a cidade como se fazia lá atrás”, observou.