Política

Em visita a Santa Catarina, Dilma alfineta Serra

Da Redação ·
 Em visita a Santa Catarina, Dilma alfineta Serra
fonte: Google Imagens
Em visita a Santa Catarina, Dilma alfineta Serra

Recebida em clima de festa pelos petistas catarinenses no final da manhã deste sábado (20), a ministra da Casa Civil e pré-candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff, enumerou "benefícios" do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como o programa Bolsa Família, o Minha Casa, Minha Vida e os "milhões de empregos gerados no período".

continua após publicidade

Dilma fez a declaração ao ser questionada sobre as comparações feitas entre ela e seu provável adversário na eleição, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB). "Não costumo me manifestar sobre comparações. Principalmente em relação ao Serra. Não é só o projeto de governo que vai ser comparado. Nós podemos dizer o que fizemos. Temos capacidade de fazer o futuro. Foram 12 milhões de empregos gerados diante da inexistência disso na gestão anterior", ressaltou.

Em tom de discurso eleitoral, Dilma Rousseff falou sobre o "desempenho exemplar" do governo Lula, especialmente em relação à queda da inflação e à garantia de sustentabilidade que o Brasil teve, segundo ela, durante a crise financeira.

continua após publicidade

Abordada sobre possibilidades de coalizão com o PMDB em Santa Catarina, a pré-candidata deixou claro que o PT nunca escondeu a importância que dá a uma coligação com os peemedebistas em todo o Brasil. "Vemos com bons olhos a aliança com o PMDB. Mas, serão alianças construídas sem imposições. Vamos governar o País considerando os processos de coalizão como uma forma de governabilidade", afirmou, dando o tom do otimismo sobre a disputa eleitoral.