Política

Missão do PR é recebida pelo governador de Wielkopolska, na Polônia

Da Redação ·

O governador Beto Richa e os demais integrantes da comitiva paranaense que cumpre roteiro de viagem a países europeus se reuniram na quinta-feira com o governador da província polonesa de Wielkopolska, Marek Wosniak. O encontro aconteceu na sede do governo local, na cidade de Poznan.

continua após publicidade

Richa afirmou que há um interesse mútuo dos dois governos em reforçar o intercâmbio comercial entre as regiões. “Este encontro traduz de forma clara a intenção bilateral de uma sólida parceria com base na cooperação”, ratificou Wosniak, que em abril esteve em Curitiba para um encontro com o governador paranaense. “A vinda da missão paranaense à Polônia permite avançar as negociações mais rapidamente”, disse. O governador Beto Richa destacou que os laços culturais que unem o Paraná – que abriga 60% da colônia polonesa no Brasil - e a Polônia deveriam contribuir para o fortalecimento da corrente comercial. Em 2010, os negócios entre as duas partes não passou de US$ 66 milhões. “Há espaço para ampliar as trocas entre Brasil e Polônia e também há potencial para o Paraná elevar suas exportações”, destacou Richa.

Wozniak declarou o interesse polonês em investimentos na área da construção, principalmente em infraestrutura de transportes, e disse que o Brasil está na mira de investidores em função da realização da Copa do Mundo em 2014. Segundo ele, no caso do Paraná também há outras áreas para formalizar parcerias. "Queremos iniciar o intercâmbio tecnológico entre as universidades e em áreas como design industrial e medicina".

continua após publicidade

O vice-governador de Wielkopolska, Leszek Wojtasiak, que coordena a área de expansão econômica da província, disse que tem recebido muitos empresários e dirigentes empresariais locais dispostos a investir no Brasil. “Especificamente com o Paraná podemos promover, a partir de agora, o encontro direto com os representantes do governo, da indústria e do comércio".

ECONOMIA – O governador Beto Richa disse que é importante aproveitar o bom momento econômico por que passam a Polônia e o Brasil para expandir as relações comerciais entre os paises, destacando as qualidades do Paraná, que voltou a ser inserido na agenda dos investidores nacionais e estrangeiros.

“Abrimos o governo ao diálogo, criamos um programa de incentivos inovador, temos uma localização estratégica, qualidade de vida e de mão de obra”, afirmou Richa. Ele ressaltou ainda que atualmente existem cerca de 70 grandes indústrias nacionais e internacionais estudando investimentos no Paraná.

continua após publicidade

UNIVERSIDADES - O segundo compromisso da missão paranaense em Wielkopolska pode gerar a abertura de vagas para estudantes brasileiros na Universidade Médica, instituição pública de Poznan considerada a principal escola de Medicina da Polônia. O vice-reitor da universidade, professor Grzegorz Oszkinis, explicou que o programa de intercâmbio iniciado há 20 anos reúne atualmente 1,1 mil estudantes estrangeiros e abre 260 vagas todo ano. "Agora teremos contato direto com as universidades paranaenses e poderemos oferecer essas vagas também para os estudantes do Paraná".

Depois do encontro na Universidade Médica, a missão paranaense visitou outra instituição de ensino superior, a Universidade de Ciências da Vida, onde conheceram o departamento de Biotecnologia e Microbiologia de Alimentos. Nesta área, os poloneses reconhecem o Brasil como referência e querem iniciar um processo de intercâmbio para desenvolvimento conjunto. Uma das propostas discutidas com o aval do governador Beto Richa foi a criação de um plano de trabalho envolvendo a universidade polonesa e os institutos Tecpar e Iapar.

FUTEBOL – Na viagem que fez ao Paraná neste ano, o governador Marek Woskiak dedicou-se a obter informações sobre o esquema de segurança da capital para a Copa do Mundo para comparar com o que está sendo organizado pela cidade de Poznan, a maior da província de Wielkopolska, que vai sediar jogos de um torneio europeu de seleções em 2012. O Clube Atlético Paranaense mantém uma parceria com a equipe local de futebol, o Lech Poznan.

Além do governador, a comitiva paranaense é integrada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Valdir Rossoni, o líder do Governo no legislativo, deputado estadual Ademar Traiano, pelo secretário de Agricultura, Norberto Ortigara, o presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), Edson Ramon, o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Hélio Bampi, e outros empresários.