Paraná

Virada do ano tem queima de fogos barulhentos em Curitiba e incidentes no interior

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Virada do ano tem queima de fogos barulhentos em Curitiba e incidentes no interior
fonte: AEN
Virada do ano tem queima de fogos barulhentos em Curitiba e incidentes no interior

A virada do ano em Curitiba teve, sim, a queima de fogos de artifício. Como acontece todos os anos, a população foi para as ruas e soltou os fogos na passagem de ano. Mas, um detalhe, muitos soltaram rojões ou fogos com estampido, ou seja, que fazem barulho de explosão, o que é proibido na Capital desde 20 de dezembro deste ano conforme lei municipal. As informações são do jornal Bom Dia Paraná, da RPC, desta sexta-feira (1).

continua após publicidade

A reportagem mostrou que os fogos com barulho foram comuns na virada na Capital. Desde o dia 20 de dezembro, soltar fogos de artifício com estampido é proibido em Curitiba. É nesta data que entrou em vigor a lei sancionada pelo prefeito Rafael Greca no ano passado. 

Além da apreensão e destruição do material, está prevista a aplicação de multas de R$ 5,3 mil a R$ 18 mil, de acordo com a gravidade da infração, relacionada à intensidade dos fogos, não interrupção ou reincidência. 

continua após publicidade

A proposição veio da Câmara Municipal de Curitiba e dispunha sobre a proibição da queima, soltura e manuseio de fogos de artifício e artefatos pirotécnicos de alto impacto ou com efeitos de tiro em recintos fechados e ambientes abertos, em áreas públicas e locais privados, em todos os períodos do ano.

Podem ser usados fogos de artifício com efeitos de cores, os ditos luminosos, que produzem efeitos visuais sem tiro, das categorias A e B (fogos de vista, sem estampido; foguetes com ou sem flecha, sem bomba; além dos "pots-à-feu", "morteirinhos de jardim", "serpentes voadoras" e outras equiparáveis . 

A fiscalização será responsabilidade da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Guarda Municipal. A demanda é, principalmente, da causa da proteção animal, mas também beneficia crianças, especialmente as portadoras do Transtorno do Espectro Autista, e idosos, que também sofrem com os barulhos dos fogos.

continua após publicidade

Interior - Os fogos de artifício também podem ter provocado um incêndio em um caminhão em Maringá. O veículo ficou destruído, e os bombeiros suspeitam que ele foi atingido por um artefato como fogos de artifício, por acidente ou até mesmo intencional.

Da Redação Bem Paraná 

Tags relacionadas: #fogos #paraná #VIRADA