Mais lidas

    Paraná

    Maringá

    UEM obtém nova patente na área de remoção de poluentes

    UEM obtém nova patente na área de remoção de poluentes
    Foto por AEN
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 08.05.2021, 09:32:12 Editado em 08.05.2021, 09:33:42
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A Universidade Estadual de Maringá (UEM), no Noroeste do Estado, recebeu uma nova patente. A “Utilização do Corante Azul de Metileno na Dopagem de Carvão Ativado e sua Aplicação como Eletrodo para Supercapacitores” foi concedida pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi).

    A patente, concedida neste ano, está relacionada aos processos de remoção de poluentes orgânicos a partir meios aquosos. O carvão ativado é um dos materiais que podem remover poluentes orgânicos da água via adsorção. Esse processo resulta em um resíduo que, usualmente, não possui uma destinação final apropriada.

    A equipe responsável pelos experimentos que resultaram na patente era composta pelo professor do Departamento de Química (DQI), Vitor de Cinque Almeida, e três estudantes: André Luiz Cazetta, Isis Pelegrini Andrade Fukumoto de Souza e Osvaldo Pezoti Junior. Na época da realização da pesquisa, André era aluno de iniciação científica, enquanto Isis e Osvaldo eram estudantes do Programa de Pós-graduação em Química, em nível de mestrado e doutorado, respectivamente.

    A pesquisa em questão mostrou que o carvão ativado saturado com o corante azul de metileno pode ser reaproveitado a partir de um tratamento térmico para ser usado como acumulador de cargas elétricas. Isso permite que o material seja utilizado como capacitor, a tornar-se um componente essencial para o funcionamento de produtos eletrônicos.

    De acordo com André Luiz Cazetta, essa tecnologia pode baratear o processo de produção destes eletrocatalisadores utilizados como capacitores, uma vez que se propõe utilizar um material que é um resíduo resultante do processo de adsorção para obtenção de material com capacidade de armazenamento de carga.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Paraná

    Deixe seu comentário sobre: "UEM obtém nova patente na área de remoção de poluentes"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.