Paraná

Três cidades do PR decretam situação de emergência hídrica

Os decretos têm validade de 180 dias

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Três cidades do PR decretam situação de emergência hídrica
fonte: Divulgação

Três cidades do oeste do Paraná decretaram situação de emergência hídrica devido à longa estiagem registrada na região. Marechal Cândido Rondon, Ubiratã e Toledo já apresentam perdas acima dos 50% na agricultura.

continua após publicidade

De acordo com a prefeitura de Ubiratã, os prejuízos causados na lavoura de soja variam de 45% a 55%, representando perdas de aproximadamente R$ 300 milhões.

Em Toledo, segundo o Departamento de Economia Rural (Deral), as perdas na cultura da soja estão em 55% e de milho, 73%.

continua após publicidade

Marechal Cândido Rondon, de acordo com dados do município, apresenta os maiores prejuízos na safra de milho e soja, representando 85%.

O decreto permite, por exemplo, que agricultores solicitem prorrogação de parcelas de investimento e renegociem dívidas relacionadas a safra.

Os decretos têm validade de 180 dias.

Com informações, G1. 

Tags relacionadas: #crise hídrica #DECRETO #paraná