Paraná

Trabalhadores do transporte público entram em greve no Paraná

Categoria pede reposição salarial de 11,08%; prefeitura de Guarapuava não quis comentar

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
A manifestação pode afetar cerca de 30 mil passageiros que utilizaram o serviço diariamente
fonte: Lucas Henning/RPC
A manifestação pode afetar cerca de 30 mil passageiros que utilizaram o serviço diariamente

Trabalhadores do setor de transporte público de Guarapuava entraram em greve nesta quarta-feira (14) e paralisaram o sistema. A manifestação pode afetar cerca de 30 mil passageiros que utilizaram o serviço diariamente.

continua após publicidade

Conforme o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviários em Guarapuava (Sintrar), a categoria reivindica reposição salarial de 11,08% referente à data-base de novembro do ano passado.

Eles também questionam atrasos nos salários, carga excessiva de trabalho e férias atrasadas. Procurada, a prefeitura não quis comentar o assunto.

continua após publicidade

Na Justiça, a administração pública recebeu uma liminar para garantir o funcionamento do serviço na cidade por escalonamento.

Conforme decisão, 50% da frota tem que circular nos horários de pico e entre pico das 6h30 às 8h30, 11h30 às 13h30 e das 17 às 19 horas. Nos demais horários a determinação é de 25% da frota. Já a concessionária do serviço, afirmou estar disponibilizando 23 ônibus e 40 trabalhadores para circularem em aproximadamente 30 linhas.

As informações são do site g1. 

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News