Paraná

Técnico de Enfermagem morre com suspeita de gripe H3N2 no PR

Profissional estava internado desde o último dia 12 de janeiro

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Técnico de Enfermagem morre com suspeita de gripe H3N2 no PR

O técnico de enfermagem Nivaldo Souza, de 60 anos, servidor da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Sabará, na região oeste de Londrina, morreu durante na madrugada desta sexta-feira (21) após complicações respiratórias, a principal suspeita é que ele tenha contraído a gripe influenza H3N2.

continua após publicidade

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o profissional estava internado desde o último dia 12 de janeiro.

Nivaldo trabalhava há 29 anos como servidor municipal e atuava na linha de frente do atendimento à pacientes com síndromes respiratórias, elas a covid-19 e a influenza.

continua após publicidade

Amigos, familiares e companheiros de trabalho prestaram diversas homenagens por meio das redes sociais. A Prefeitura de Londrina também lamentou a morte em nota oficial: “Deixou sua alegria contagiante e saudades às equipes”, disse o texto.

Londrina enfrenta um surto de gripe e covid-19. Segundo a SESA, a cidade tem dois óbitos causados pela H3N2, a morte de Nivaldo, se confirmada, será a terceira.

As informações são do Tem Londrina.

Tags relacionadas: #h3n2 #Londrina #paraná