Mais lidas

    Paraná

    No Paraná

    Suspeito de estuprar crianças é espancado até a morte

    Suspeito de estuprar crianças é espancado até a morte
    Foto por Divulgação/PM
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 19.05.2021, 11:52:03 Editado em 19.05.2021, 11:57:50
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Durante a noite desta terça-feira (18), um homem de 48 anos foi espancado e morto em Umuarama, no noroeste do estado, após ter sido acusado de abusar sexualmente de duas crianças.. 

    De acordo com testemunhas, alguns vizinhas começaram a agredir o investigado após terem conhecimento sobre o suposto estupro

    Na sequência, a Polícia Militar (PM) foi acionada para atender a ocorrência e, quando chegaram, se depararam com o homem caído em uma rua. Uma equipe de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada para socorrer o indivíduo, porém nada pôde ser feito. 

    Segundo os agentes de segurança, no último sábado (15), um boletim de ocorrência foi feito contra o homem. A denúncia havia sido feita depois que uma pessoa procurou o Pronto Atendimento e relatou que duas meninas, de 6 e 8 anos, foram vítimas de estupro

    Ainda conforme a polícia, os familiares tiveram conhecimento sobre o abuso após uma das meninas dizer que beijar na boca era bom. Ainda de acordo com o b.o, as crianças contaram a uma médica a respeito das coisas que eram submetidas a fazer. 

    No sábado, o Conselho Tutelar levou as vítimas para avaliação em um hospital. O suspeito era companheiro da avó das crianças, segundo a PM

    Tanto o abuso sexual quando a morte do homem são investigados pela Polícia Civil. 

    Com informações; G1.

    Mais matérias de Paraná

    Deixe seu comentário sobre: "Suspeito de estuprar crianças é espancado até a morte"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.