Mais lidas
Ver todos

    Paraná

    Série de reportagens comemora 15 anos do Espaço Cultural BRDE

    Foto por
    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    No dia 21 de junho de 2020, o Espaço Cultural BRDE, o Palacete dos Leões,  comemora 15 anos. Entre as atividades programadas para celebrar esse momento, uma série de reportagens semanais sobre arte, história, arquitetura e patrimônio foi produzida pelo BRDE, em parceria com a Haus, e estará disponível em seus canais digitais.

    As matérias resgatam os impactos da erva-mate sobre o desenvolvimento do Paraná em diferentes esferas, da econômica à cultural, e de como, das folhas da planta, brotou todo um bairro em Curitiba – o Alto da Glória.

    É possível conhecer em detalhes a história da edificação e das diferentes fases do Palacete Leão Jr. que depois se transformou em Espaço Cultural BRDE - Palacete dos Leões. São abordados os elementos da arquitetura eclética do seu exterior e interior, bem como as curiosidades e relatos históricos acerca do seu processo de tombamento e restauro.

    A série conta com a participação de renomados professores, historiadores, artistas, pesquisadores, educadores e arquitetos buscando compreender a importância histórica do Palacete dos Leões e da atuação do Espaço Cultural BRDE no circuito artístico.

    O PALACETE - Emblemática edificação localizada na Avenida João Gualberto, em Curitiba, o Palacete Leão Jr é um exemplar da arquitetura de estilo eclético do início do século 20. Projetado por Cândido de Abreu, a obra foi concluída em 1902 para ser a moradia da família de ervateiros proprietários da Matte Leão, o casal Maria Clara Abreu de Leão e Agostinho Ermelino de Leão Jr.

     “O Palacete Leão Jr. representa um símbolo de uma época ou de um período importante na economia paranaense, que foi o ciclo da erva-mate”, analisa Dr. Luiz Carlos Borges da Silveira, diretor administrativo do BRDE. “É também papel das empresas criar o hábito de preservar e valorizar a cultura”, acrescenta.

    Tombado como Patrimônio Histórico e Cultural em 2003, o Palacete Leão Jr. foi adquirido pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, em 2004. No ano seguinte, a instituição inaugurou o Espaço Cultural BRDE – Palacete dos Leões, mantido e coordenado pelo próprio Banco, passando a ofertar uma programação gratuita de exposições e atividades relacionadas a arte contemporânea, arquitetura, história e patrimônio cultural.

    OBRAS E EXPOSIÇÕES - Entre as diversas atividades ao longo de sua trajetória, o Espaço Cultural BRDE – Palacete dos Leões recebeu obras e exposições de artistas contemporâneos como León Ferrari, Eliane Prolik, Fernando Lemos, Stefan Moses, Shirley Paes Leme, Paolo Ridolfi, Jair e André Mendes.

    Em 2017, integrou o circuito oficial da Bienal Internacional de Arte de Contemporânea de Curitiba com o Pavilhão Anthony McCall e, em 2019, com Pangrafias. Sua parceria mais recente é com o Museu Paranaense para uma mostra com o acervo relacionado a erva-mate.

    "O BRDE fez uma ótima opção ao adquirir o imóvel; desde 2005, quando este foi transformado em espaço cultural, passou a fortalecer o olhar do Banco para a cultura e a preservação, ao que se somaram outras ações. Dar este uso cultural ao Palacete Leão Jr. é devolver à sociedade aquilo que é um dever institucional, que é fomentar a economia", ressalta Wilson Bley, diretor de operações do BRDE.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Jornal da Tribuna 2ª Edição - 01/07

    Deixe seu comentário sobre: "Série de reportagens comemora 15 anos do Espaço Cultural BRDE"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.