Semana é marcada por novos investimentos e avanços na vacina russa - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

PARANÁ

Semana é marcada por novos investimentos e avanços na vacina russa

Foto por Divulgação
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A semana foi marcada por três grandes investimentos que vão gerar três mil empregos no Paraná nos próximos anos, indicando confiança dos empresários com a retomada da economia do Estado. O Porto de Paranaguá também bateu recordes de exportação em apenas oito meses de um ano. O volume de soja embarcado em 2020 já supera em 5,1% o total exportado no ano de 2019.

Segundo o governador Carlos Massa Ratinho Junior, o Estado começa a reverter uma situação difícil em parceria com o setor produtivo. “Estou muito confiante com o Paraná porque o nosso potencial é imenso. Estamos recuperando as perdas, crescendo em volume industrial e no comércio, retomando as atividades ligadas ao serviço”, afirmou. “A pandemia provocada pelo novo coronavírus desacelerou nosso crescimento, mas estamos investindo nos municípios, gerando empregos, ultrapassando esse momento difícil”.

A semana também foi marcada pelo anúncio de resultados preliminares positivos da vacina russa Sputnik V na revista científica The Lancet. O diagnóstico sugere que a vacina produz uma resposta das células T (de defesa) dentro de 28 dias. O Governo do Paraná submeterá o protocolo de validação da fase 3 de estudos clínicos no País à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) até o final de setembro.

O governador também cumpriu agendas importantes relacionadas à saúde. Foi inaugurado o Erastinho, em Curitiba, primeiro hospital oncopediátrico do Sul do País, depois de investimento de R$ 19 milhões do Governo do Estado. Em Apucarana, no Vale do Ivaí, um aporte de R$ 16,2 milhões vai ampliar o Hospital da Providência. Os recursos serão usados na modernização de uma área de 2.720 metros quadrados e também na construção do terceiro pavimento da unidade. O hospital terá uma nova maternidade, o setor de pediatria e 28 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

NOVOS INVESTIMENTOS NO PARANÁ

TatraBras

A montadora de caminhões TatraBras, que pertence ao grupo CSG Aerospace, da República Tcheca, oficializou investimento de R$ 102 milhões até 2026 em uma planta em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais. Serão gerados aproximadamente 300 empregos diretos no período de vigência do acordo, que prevê, ainda, preferência para contratação de mão de obra local e intercâmbio de dez estudantes brasileiros para participar de um programa de treinamento na matriz da Tatra, em Kopřivnice, na República Tcheca. A transferência de tecnologia, instalação da fábrica e início efetivo da produção estão previstos para fevereiro de 2021. A TatraBras vai produzir em Ponta Grossa veículos off-road para solos difíceis nas categorias 6x6 e 8x8, voltados para os setores de mineração, produção florestal e sucroalcooleiro.

Grupo Boticário

O Paraná voltará a ser base de operação do comércio eletrônico do Grupo Boticário no Brasil. Com apoio do Governo do Estado, a companhia vai investir R$ 83,5 milhões para implantar duas unidades de e-commerce, que vão operacionalizar o comércio de cosméticos em todo o território nacional, e também de um Centro de Distribuição para atender a região Sul. A previsão é que a implantação das novas unidades, em Curitiba e Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana, crie entre 600 e 700 empregos diretos.

Lar Cooperativa Agroindustrial

O governador Ratinho Junior participou nesta semana da inauguração do novo frigorífico da Lar Cooperativa Agroindustrial em Rolândia, no Norte do Paraná. O complexo industrial terá um abatedouro de aves com capacidade de processamento diário de 175 mil frangos, uma fábrica de rações com capacidade de produzir 19 mil toneladas/mês e uma unidade de recepção e beneficiamento de grãos com capacidade de 16,8 mil toneladas. Neste frigorífico serão gerados 1.911 empregos diretos. Na operação de arrendamento, a Lar assumiu 300 aviários envolvendo 270 produtores distribuídos em 41 municípios do entorno de Rolândia. Com esse frigorífico, a cooperativa deve atingir a marca de 700 mil aves abatidas ao dia já a partir deste mês, com expectativa de alcançar 900 mil aves abatidas ao dia em 2023.

ECONOMIA

Soja

O volume de soja embarcado pelo Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá em oito meses de 2020 já supera em 5,1% o total exportado no ano de 2019. De janeiro a agosto, foram quase 11,15 milhões de toneladas exportadas do grão. No ano passado inteiro, de janeiro a dezembro, foram pouco mais de 10,6 milhões de toneladas da oleaginosa embarcadas pelo complexo. Considerando todos os graneis movimentados, o volume chegou a cerca de 14,9 milhões de toneladas de soja, farelo e milho. Faltando ainda quatro meses para o fechamento do ano, o corredor já movimentou quase 74% do volume total registrado em 2019 – 20,2 milhões de toneladas.

Frango

O governador se reuniu com a nova diretoria do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) e disse que o Estado tem interesse em ampliar a quantidade de granjas nos pequenos municípios para gerar mais empregos e desenvolvimento, além de fortalecer a cadeia com acesso a crédito, nova infraestrutura e energia elétrica sem interrupções. O Paraná responde por 36% da produção nacional com mais de 20 mil granjas de frango de corte, e em 2019 atingiu recorde de abates de aves, com 1,87 bilhão de cabeças. O Estado é o principal exportador de carne de frango do Brasil, responsável por 40% do mercado.

PANDEMIA

Vacina russa

O Governo do Paraná submeterá o protocolo de validação da fase 3 de estudos clínicos da vacina russa Sputnik V no País à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) até o final de setembro. Depois de aprovado pelos órgãos regulatórios, a previsão é que o início dos testes aconteça até o final de outubro. Nesta semana foi publicado um estudo com resultados preliminares na revista científica The Lancet, que reconhece uma boa resposta imune dos 76 participantes das fases 1 e 2. O diagnóstico sugere que a vacina produz uma resposta das células T (de defesa) dentro de 28 dias.

Transparência

Informações sobre contratações e aquisições emergenciais no portal sobre o coronavírus aumentaram a nota do Paraná na avaliação da Transparência Internacional Brasil. O Estado se mantém no conceito ótimo, relativo a mais de 80 pontos, desde o início da classificação feita pela entidade civil. Nesta edição, o Paraná alcançou 89 pontos, superando os 87,3 conseguidos na última avaliação, a partir da qual aumentou o número de critérios. O Estado subiu uma posição, ficando em 13º lugar, com a oitava melhor nota.

Pesquisa

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) e a Universidade Estadual de Maringá (UEM) foram contempladas com recursos do governo federal para apoiar o desenvolvimento de pesquisas relacionadas à Covid-19. A UEL foi contemplada com R$ 931,4 mil para desenvolver pesquisas na área de diagnóstico. Já a UEM vai receber R$ 332,41 mil para auxiliar as pesquisas relacionadas ao enfrentamento da Covid-19 e suas consequências em pacientes.

Ouvidoria

Em cinco meses de pandemia, a Ouvidoria Geral da Saúde recebeu 26 mil solicitações, aumento muito expressivo em relação ao ano passado. O motivo é a pandemia do novo coronavírus. Em março de 2019, por exemplo, foram contabilizados 2.139 atendimentos, enquanto em 2020 foram 7.487 manifestações. O trabalho silencioso e discreto tem alcance em todo o Estado. Há ouvidores nas 22 Regionais de Saúde do Paraná, assim como em todos os hospitais próprios e outras unidades hospitalares. Desde a divulgação dos primeiros casos, a Ouvidoria Geral da Saúde do Estado passou a atender 24 horas por dia, sete dias por semana, sem cessar.

Merenda

Já são seis meses de entrega da merenda nas 2.143 escolas estaduais do Paraná. A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte atingiu a marca de 29 mil toneladas de alimentos distribuídos para as famílias dos 231 mil alunos beneficiários do Bolsa Família. Quinzenalmente, as escolas fazem não só a entrega dos kits de merenda, como também a distribuição de materiais impressos aos alunos que estão com dificuldade de acesso às aulas remotas. O repasse dos alimentos da merenda às famílias foi determinado por decreto do governador assim que as aulas presenciais foram suspensas por causa da Covid-19.

ESTADO

Investimento na Saúde

Foi inaugurado o Erastinho, primeiro hospital oncopediátrico do Sul do País. Idealizado pelo Hospital Erasto Gaetner, referência no tratamento de câncer no Paraná, a unidade recebeu investimento de R$ 30 milhões, sendo que mais de R$ 19 milhões foram destinados pelo Governo do Estado. O hospital é filantrópico e atende também pelo SUS. Com uma área de 4,8 mil metros quadrados, a unidade vai atender exclusivamente crianças e adolescentes com câncer, que hoje fazem tratamento na Ala Pediátrica do Hospital Erasto Gaertner. A expectativa com a nova unidade é dobrar a capacidade de atendimento oncopediátrico, com foco também no diagnóstico precoce, na promoção e prevenção de saúde.

Investimento em Apucarana

O Governo do Estado vai investir R$ 16,2 milhões na reforma e ampliação do Hospital da Providência, em Apucarana, no Vale do Ivaí. O prazo para a conclusão da obra é de 18 meses. O hospital é filantrópico e cerca de 80% dos atendimentos são realizados por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Os recursos serão usados na modernização de uma área de 2.720 metros quadrados e também na construção do terceiro pavimento da unidade. Ele terá uma nova maternidade, o setor de pediatria e 28 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Gostou desta matéria? Compartilhe!
TNTV
TribunaPlay

Jornal da Tribuna desta segunda-feira (14/09)

Deixe seu comentário sobre: "Semana é marcada por novos investimentos e avanços na vacina russa"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.