Paraná

Rodovia do café será interditada nesta terça para detonação de rochas

Trecho próximo ao Bairro dos França será fechado as 13h50

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Rodovia do café será interditada nesta terça para detonação de rochas
fonte: Divulgação
Rodovia do café será interditada nesta terça para detonação de rochas

Avançando nas obras de duplicação entre os kms 328 a 333 da BR 376, a CCR RodoNorte executa novo processo de detonação de rochas no km 328+100 nesta terça-feira (29), a partir das 14h. O desmonte acontece no trecho da Rodovia do Café próximo à localidade de ‘Bairro dos França’, na região de Ortigueira. 

continua após publicidade

O trecho será interditado nos dois sentidos em um raio de 1 km do ponto onde ocorrerá o procedimento. A previsão é de que a pista esteja fechada a partir das 13h50, com o bloqueio mantido por cerca de uma hora. Neste tempo, a concessionária estima que todo o processo seja concluído, incluindo etapas de preparação, detonação e limpeza de pista. 

A interdição da via é necessária para garantir a segurança dos colaboradores, motoristas que trafegam no trecho e também aos moradores de propriedades lindeiras. O engenheiro responsável pela obra, Samir Quinones Mendonça, destaca que o maciço de rocha que está no local onde a obra de duplicação é feita não tem uma quantidade considerável. Entretanto, por estar próximo de uma área residencial, o desmonte de rochas neste local é feito em mais etapas. 

continua após publicidade

A concessionária orienta aos usuários para que, se possível, programem sua viagem e consultem as condições de tráfego pelo site da CCR RodoNorte, www.rodonorte.com.br, ou pelo telefone 0800 42 1500. A detonação de rochas no km 328+100 da BR 376 poderá ser adiada em caso de condições climáticas adversas. 

OBRAS

A duplicação da BR 376 já possui mais de 120 kms liberados, compondo a maior obra rodoviária em andamento no Paraná. Além desta frente em Ortigueira, a principal ligação entre o Norte e Sul do estado também tem trabalhos em andamento nas regiões de Apucarana, Imbaú, Mauá da Serra e Tibagi.