Paraná

Repórter que fez paródia para comemorar mortes em confronto é demitido

“Tem gente que não gostou muito. Talvez se eu estivesse do lado de bandido e falando mal da polícia iriam curtir", disse o repórter

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
O caso gerou grande repercussão
fonte: Reprodução/Band
O caso gerou grande repercussão

A TV Band demitiu o repórter que comemorou com uma paródia de uma música da Xuxa a morte de três bandidos que morreram ao confrontar a Polícia Militar (PM), em Foz do Iguaçu, oeste do Paraná.

continua após publicidade

Dirceu Farias Rocha Júnior, conhecido como Júnior Rocha, era repórter da TV Tarobá, afiliada da TV Band no Paraná, e falava de um confronto armado que resultou na morte de três criminosos. 

No momento em que falava sobre o fato na edição regional do Brasil Urgente, Rocha fez uma paródia de uma canção antiga da Xuxa: "Três bandidos foram assaltar uma residência aqui na fronteira, o Choque e a Rocam chegaram e pá pá pá, e os bandidos estão no inferno a queimar", cantarolou enquanto fazia sinais com mão, fazendo referência a uma arma. 

continua após publicidade

O jornalismo da Band não considerou a atitude do profissional adequada. O caso causou grande repercussão e, por conta disso, Dirceu foi desligado da emissora. A edição regional do Brasil Urgente, onde o jornalista trabalhava, também recebeu uma advertência.

O repórter usou seus stories para ironizar o caso. “Tem gente que não gostou muito. Talvez se eu estivesse do lado de bandido e falando mal da nossa polícia, violenta, truculenta e opressora, iriam curtir”, disse. “Nunca foi tão fácil escolher um lado. Viva à gloriosa Polícia Militar do Paraná! Que o bem sempre vença o mal!”, completou.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News