Mais lidas

    Paraná

    Alerta

    Redução no estoque de sangue preocupa o Paraná

    Redução no estoque de sangue preocupa o Paraná
    Foto por Divulgação/AEN
    Escrito por Agência Estadual de Notícias do Paraná
    Publicado em 25.02.2021, 18:50:27 Editado em 25.02.2021, 18:51:04
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O estoque de sangue disponível hoje (25) no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) para atender Curitiba e a Região Metropolitana é suficiente apenas para atender a demanda diária da instituição.

    “A informação é muito preocupante pois em uma situação de urgência e emergência não teríamos como atender os hospitais; por isso destacamos a importância da doação de sangue como ato de amor ao próximo e cidadania”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

    “A pandemia não deve afastar os doadores, pois todas as medidas de prevenção e segurança são tomadas durante o processo”, reforçou o secretário.

    Segundo a diretora do Hemepar, Liana Labres de Souza, o estoque nesta manhã tinha cerca de 200 bolsas entre todos os tipos sanguíneos.

    “Este quantitativo supre um dia de atendimento nos 42 hospitais da Capital e da Região Metropolitana, entre eles os hospitais de porta aberta ao trauma como Hospital Evangélico Mackenzie, Hospital do Trabalhador, Hospital do Rocio, em Campo Largo, e Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul”.

    “Infelizmente os doadores não têm comparecido em nossas unidades e com isso muitas solicitações de transfusão não estão sendo atendidas em sua totalidade”, afirmou.

    VACINA -  A diretora do Hemepar lembrou ainda que pessoas imunizadas contra a Covid-19 podem fazer a doação de sangue e para isso basta aguardar o período estipulado para cada tipo de vacina.

    “A vacina Coranovac/ Butantan estabelece um prazo de 48 horas após o recebimento para que o cidadão possa fazer doação de sangue; já a vacina AstraZeneca/Fiocruz, pede o intervalo de 7 dias para a doação”, afirmou a diretora.

    O Hemepar segue protocolos de segurança para a Covid-19 como o agendamento e recepção de 8 pessoas a cada 30 minutos para evitar aglomeração, utilização de álcool gel 70% e profissionais que atuam no atendimento devidamente paramentados.

    O agendamento para doação de sangue pode ser feito pela internet (saúde.pr.gov.br). São aptos a doar sangue pessoas que tenham entre 16 a 69 anos, que pesem mais de 51 quilos e que estejam bem de saúde.

    Em Apucarana a dificuldade histórica de ampliar o número de doadores de sangue só aumentou durante a pandemia. O Hemonúcleo de da cidade  também quer aumentar a quantidade de doadores regulares.

    Alguns critérios devem ser seguidos para doar sangue: idade entre 16 e 59 anos, peso superior a 50 quilos. Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres no pós-parto não podem doar temporariamente. A frequência máxima é de quatro doações de sangue anuais para o homem e de três doações de sangue anuais para as mulheres.

    Para doar, você precisar fazer o agendamento  pelo telefone 3420-4200 ou pelo site www.saude.pr.gov.br.

    O local de atendimento fica localizado na na Rua Antônio Ostrenski, 3 Centro, Apucarana. Além disso, o uso de máscara é obrigatório no local.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Paraná

    Deixe seu comentário sobre: "Redução no estoque de sangue preocupa o Paraná"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.