Paraná

Ratinho Junior lidera pesquisa com 46,4% das intenções de votos

Para o Senado, Álvaro Dias é quem tem mais intenções de voto, com 32%, seguido pelo Sergio Moro, com 22%

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Ratinho aparece com 46,6% das intenções, seguido por Roberto Requião (PT)
fonte: AEN
Ratinho aparece com 46,6% das intenções, seguido por Roberto Requião (PT)

O governador do Paraná Ratinho Junior (PSD) segue com uma boa vantagem na disputa das intenções de voto para o governo do Estado, de acordo com o levantamento do instituto IRG, divulgado nesta segunda-feira (4).

continua após publicidade

De acordo com a pesquisa, no primeiro cenário, Ratinho aparece com 46,4% das intenções, seguido por Roberto Requião (PT), com 19,6 %. O ex-juiz Sergio Moro (União Brasil), citado pela primeira vez na lista, está com 12,9% da preferência do eleitorado.

Flávio Arns (Podemos), aparece em quarto lugar com 4,6 %, seguido do ex-prefeito de Guarapuava, César Silvestri Filho (PSD), com 2,9. A quinta colocação tem a professora Ângela Machado (PSOL) com 0,9% e em sexto o Zé Boni (Agir36), com 0,7%. %. Outros 7% dos entrevistados não votariam em nenhum dos candidatos citados e 5% não souberam ou não quiseram responder.

continua após publicidade

No segundo cenário da pesquisa, sem Moro e Flávio Arns, Professora Ângela e Zé Boni, Ratinho Jr amplia a vantagem, com 56,5%, seguido de 23,5% de Requião e 5,8% de César Silvestri.

Para o Senado, Álvaro Dias (Podemos) é quem tem mais intenções de voto. Ele aparece na pesquisa com 32%, seguido pelo Sergio Moro, com 22%. Com ainda mais oito pré-candidatos, o deputado federal Paulo Eduardo Martins (PL) é o terceiro, com 7%, e o ex-deputado federal Doutor Rosinha (PT) aparece em quarto, com 6,3%.

A pesquisa do instituto IRG ouviu 1,5 mil eleitores, entre os dias 29 de junho e 3 de julho. O levantamento está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com os números PR-03374-2022 e BR06776-2022. O intervalo de confiança é de 95%. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos. 

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News