Paraná

Programas e ações garantem a biodiversidade no Paraná

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Programas e ações garantem a biodiversidade no Paraná
Programas e ações garantem a biodiversidade no Paraná

O Dia Internacional da Biodiversidade, neste sábado (22), comemora a variedade da vida. Fazem parte dessa riqueza uma diversidade de espécies, ambientes, interações ecológicas e a conexão entre fauna e flora.

continua após publicidade

No Paraná, o órgão responsável pela gestão e conservação da biodiversidade é o Instituto Água e Terra (IAT), vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest).

De acordo com o secretário da pasta, Márcio Nunes, com o objetivo de honrar esse compromisso, são desenvolvidos programas, projetos e atividades voltados à conservação da biodiversidade. O objetivo é a conservação do patrimônio natural e, consequentemente, a melhoria na qualidade de vida da população.

continua após publicidade

“A conservação deve ser voltada para tudo: solo, água, fauna e flora. Tudo o que está envolvido na vida da Terra é meio ambiente”, disse.

As 71 Unidades de Conservação (UC’s) do Estado são a principal ferramenta de proteção e manutenção da biodiversidade. Nas unidades abertas à visitação pública, são desenvolvidas ações de educação ambiental e o Programa de Voluntariado.

O Paraná possui, ainda, 237 Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) estaduais, modalidades de UC de domínio privado, criadas mediante solicitação do proprietário da área, que se compromete com a conservação da natureza.

“Elas são unidades particulares, criadas por pessoas físicas ou jurídicas, e ampliam as áreas da biodiversidade para a conservação da flora e da fauna existentes no Bioma onde está instalado, permitindo uma diversidade ainda maior de fauna e de flora”, afirmou o diretor de Políticas Ambientais da Sedest, Rafael Andreguetto.