Programa da Copel incentiva arborização dos municípios - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Energia

Programa da Copel incentiva arborização dos municípios

Foto por SINARA FREITAS COPEL
Escrito por AEN
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Mudas de qualidade fornecidas gratuitamente e assistência técnica para a gestão da arborização na área urbana dos municípios. Este é o trabalho desenvolvido pelo Programa Florestas Urbanas, implantado há cinco anos pela área de meio ambiente e responsabilidade social da Copel. Neste período, cerca de 100 municípios já foram beneficiados, com o plantio médio de 11 mil árvores por ano, em ruas, avenidas e praças.

A solicitação de mudas é feita de modo online à Copel, e a retirada acontece nos hortos florestais das usinas Governador José Richa (Salto Caxias, no município de Capitão Leônidas Marques) e Governador Ney Aminthas de Barros Braga (Segredo, em Mangueirinha). No primeiro semestre deste ano foram fornecidas 3.269 mudas, para 11 municípios.

O objetivo é promover uma boa gestão da arborização urbana, com o plantio de espécies adequadas em cada local da cidade. Neste sentido, o plantio de espécies de pequeno porte onde há passagem de rede elétrica é fundamental para garantir que não haja desligamentos de energia e reduzir a necessidade de podas.

De acordo com o diretor da Copel Distribuição, Maximiliano Andres Orfali, a parceria com os municípios contribui com a melhoria ambiental das cidades e reflete na redução das interrupções no fornecimento de energia, através de um conjunto de ações.

“O programa engloba publicações técnicas, produção e fornecimento de mudas de espécies com características adequadas, substituição de árvores de risco, treinamento de gestores e servidores municipais, e ainda aprimoramento de técnicas de podas”, enumera. Uma das publicações a que ele se refere é o Guia de Arborização Urbana, disponível para download na página http://www.copel.com.

PLANO DE ARBORIZAÇÃO - Um dos municípios que participam do programa é Dois Vizinhos, na região Sudoeste do Paraná, que elaborou seu plano de arborização urbana em 2018 e já fez o plantio de 600 mudas de árvores fornecidas pela Copel.

O diretor do Departamento de Agricultura, Pecuária, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Ciro Costa, enfatiza que o apoio da empresa tem sido fundamental para garantir a gestão da arborização do município, sobretudo pela qualidade das mudas fornecidas.

“Nem que nós quiséssemos comprar no mercado, não encontraríamos mudas com a qualidade que a Copel nos fornece”, avalia o gestor, que é engenheiro florestal e desenvolve um mestrado sobre a qualidade, diversidade e disponibilidade de mudas para arborização urbana no Estado, pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Entre as características destacadas por ele estão a resistência das mudas a ataque de formigas e estiagem, além da formação dos espécimes, em altura apropriada para evitar casos de vandalismo, e sem ramificação que possa prejudicar a acessibilidade para os pedestres, nas calçadas. O manejo segue os critérios técnicos estabelecidos pela Sociedade Brasileira de Arborização Urbana - SBAU e pela International Society of Arboriculture - ISA.

PARTICIPAÇÃO POPULAR - O engenheiro florestal destaca que o engajamento dos moradores na gestão da arborização é fundamental para garantir o sucesso do trabalho. No caso de Dois Vizinhos, a elaboração do plano de arborização não só georreferenciou uma amostra de 50% das árvores da cidade, como também ouviu 2.810 moradores da cidade, a fim de identificar a percepção das pessoas e preferências quanto à arborização. 

Esta é uma etapa recomendada pelo manual elaborado pelo Ministério Público para a elaboração dos planos, por meio de um comitê de trabalho integrado também pela Copel.

“Quem garante a arborização de uma cidade é a população, ela precisa ser amiga das árvores. Antes, nós só recebíamos pedidos de corte e poda, e hoje nós recebemos pedidos de plantio, e isso graças à parceria com a Copel”, afirma Ciro Costa.

Ele explica que, das mudas retiradas no horto da usina Salto Caxias, uma parte é aplicada em áreas públicas e um lote fica destinado às solicitações da população. Uma equipe da prefeitura visita o local para verificar o tipo de calçada, tamanho do canteiro e se há presença de fiação elétrica. Definida a espécie adequada, o município faz o plantio, sem custo para o solicitante.

As espécies nativas têm preferência na seleção, como por exemplo, o carvalho-brasileiro, alecrim de campinas, pau-ferro, maria-preta e dedaleiro. O ipê também entra na composição, principalmente nas variedades roxo e rosa, já que as flores amarelas possuem maior fator alergênico. “Trabalhamos ainda com frutíferas, como a jabuticaba e pitanga”, complementa Ciro.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Programa da Copel incentiva arborização dos municípios"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.