Paraná

Professor acusado de matar diretor da UENP pede julgamento presencial no Paraná

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Professor acusado de matar diretor da UENP pede julgamento presencial no Paraná
fonte: Reprodução/RPC
Professor acusado de matar diretor da UENP pede julgamento presencial no Paraná

O professor Laurindo Panucci Filho, acusado de matar o diretor da UENP, campus de Cornélio Procópio, Sérgio Ferreira, de 60 anos, em dezembro de 2018, pede que julgamento seja após a pandemia. Laurindo Panucci Filho divulgou uma carta em que declara preferir aguardar a pandemia passar para ter um julgamento presencial, ao invés de um julgamento por via videoconferência.

continua após publicidade

Ele diz que prefere ficar "cara a cara" com os jurados e testemunhas. De acordo com o Tribunal do Júri, as audiências estão suspensas e não tem uma data prevista para o julgamento do professor.

Com informações RPC. 

continua após publicidade

Entenda o caso: 

O professor Laurindo Panucci Filho, preso preventivamente suspeito de matar o diretor do campus de Cornélio Procópio da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Sérgio Roberto Ferreira, disse, em audiência de custódia, que “tudo não passou de um equívoco”.

Tags relacionadas: #paraná #policial