Paraná

PRF apreende mais de uma tonelada de maconha na região

Droga estava numa caminhonete roubada; motorista foi preso

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Policiais encontraram e apreenderam 1.031 quilos de maconha
fonte: Reprodução / PRF
Policiais encontraram e apreenderam 1.031 quilos de maconha

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na tarde desta segunda (20), 1.031 quilos de maconha em Cambé, município na região norte do Paraná. A droga estava sendo transportada por um homem que conduzia uma caminhonete roubada e com placas clonadas.

continua após publicidade

Por volta das 12h45, policiais rodoviários federais deram ordem de parada ao motorista da caminhonete na BR-369, mas ele não obedeceu e fugiu. Após perseguição, com o motorista realizando manobras perigosas, ameaçando pedestres e outros motoristas, os policiais conseguiram abordá-lo.

Na vistoria, encontraram e apreenderam 1.031 quilos de maconha.

continua após publicidade

Segundo o motorista, que foi preso, ele pegou a caminhonete em Umuarama e a entregaria em Cornélio Procópio, ambos municípios no Paraná. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil em Cambé e ele poderá responder por tráfico de drogas, direção perigosa e tentativa de homicídio.

Apreensão de contrabando

Policiais militares do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) e policiais federais apreenderam um caminhão, uma embarcação e 22.500 pacotes de cigarros contrabandeados neste domingo (19), em Marechal Cândido Rondon, no Oeste do Paraná. Eles estavam patrulhando as proximidades do Lago de Itaipu, no distrito de Porto Mendes, durante a Operação Hórus, quando avistaram uma embarcação atracando em um porto. Com a aproximação policial, os indivíduos fugiram, mas deixaram as mercadorias.

continua após publicidade

Os materiais apreendidos foram encaminhados para a delegacia da Polícia Federal em Guaíra, também no Oeste. Estima-se um prejuízo de R$ 1,8 milhão aos criminosos somente com esta apreensão.

Fazem parte do programa de vigilância permanente das áreas de fronteira equipes do BPFron e demais unidades da PM, Polícia Federal, Polícia Civil, Receita Federal e Exército Brasileiro e Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública. 

As ações integradas dos órgãos de segurança pública federais e estaduais também fazem parte do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras, coordenado pelo GSI-PR, que busca integrar e articular ações de segurança pública, inteligência, controle aduaneiro e das Forças Armadas com as ações dos estados e municípios situados na faixa de fronteira e divisas, incluídas suas águas interiores e costa marítima

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News