MAIS LIDAS
VER TODOS

LEVANTAMENTO

PRF apreende 195 toneladas de drogas no PR e bate recorde histórico

Total apreendido por policiais rodoviários federais no Estado saltou 46% em relação a 2022

Da Redação

·
A droga mais apreendida foi a maconha, com 192 toneladas
Icone Camera Foto por PRF
A droga mais apreendida foi a maconha, com 192 toneladas
Escrito por Da Redação
Publicado em 11.01.2024, 08:48:37 Editado em 11.01.2024, 08:48:41
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de 195 toneladas de drogas ilícitas no Paraná em 2023. Esse resultado, que inclui maconha, cocaína e crack, representa um novo recorde histórico de apreensões feitas pela PRF no estado. Até então, o maior montante havia sido registrado em 2020, quando 148 toneladas foram apreendidas.

continua após publicidade

Divulgado nesta quinta-feira (11), o balanço da PRF representa uma alta de 46% no volume de apreensões em relação a em relação a 2022, quando as equipes da PRF retiraram de circulação 133 toneladas de entorpecentes.

- LEIA MAIS: PRE apreende câmeras fotográficas e drones em bagagem de passageira

continua após publicidade

A droga mais apreendida em 2023 no Paraná foi a maconha e seus derivados (192 toneladas), seguida por cocaína (2,7 toneladas) e pelo crack (859 quilos). No total, 576 pessoas foram detidas pela PRF por tráfico de drogas no estado. Dentre as regiões do estado, a que mais apreendeu maconha foi a região oeste (Cascavel) e a que mais apreendeu cocaína foi a região centro-oeste (Guarapuava).

 Cocaína encontrada dentro de pneu em Foz do Iguaçu
Icone Camera Foto por PRF
Cocaína encontrada dentro de pneu em Foz do Iguaçu

O trabalho da PRF também trouxe resultado positivo no combate ao tráfico de armas e munições no Paraná . Em relação a 2022, as apreensões de armas de fogo aumentaram 52% —passaram de 137 para 208 armas, de diferentes calibres. Já as apreensões de munições quase quintuplicaram —saltaram de 2,3 mil para 11 mil unidades.

 Apreensão de pistolas na fronteira do estado
Icone Camera Foto por PRF
Apreensão de pistolas na fronteira do estado

Outro crime que traz danos diversos à sociedade brasileira, o contrabando de cigarros registrou uma alta de 5%, com mais de 33,5 milhões de carteiras apreendidas no estado. Em 2023, quase mil pessoas foram detidas pelo crime de contrabando.

continua após publicidade

“Todo esse aumento significativo do volume de apreensões é reflexo, entre outros fatores, do trabalho diário e do empenho das nossas equipes de policiais rodoviários federais, não apenas nos trechos próximos à fronteira, mas em todas as regiões do Paraná”, avalia o superintendente da PRF, Fernando César Oliveira. “Ao longo das últimas décadas, a Polícia Rodoviária Federal vem aprimorando o uso de ferramentas de tecnologia e priorizando seu setor de inteligência, como forma de otimizar as abordagens, o que também se reflete nos excelentes números deste balanço de 2023.”

Outro fator apontado para explicar a eficácia do trabalho da Polícia Rodoviária Federal é a integração com outras forças de segurança. “Estamos buscando ampliar cada vez mais essa integração da PRF com outros órgãos que também atuam nas áreas de fiscalização e de segurança pública, tanto na esfera operacional quanto no compartilhamento de informações e na realização de atividades conjuntas de capacitação dos nossos servidores."

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Paraná

    Deixe seu comentário sobre: "PRF apreende 195 toneladas de drogas no PR e bate recorde histórico"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!