Paraná

Prefeito de Sabáudia pede revisão de dados do IBGE

O prefeito pede ao órgão a possibilidade de se fazer uma revisão de dados ainda neste ano

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Prefeito de Sabáudia pede revisão de dados do IBGE
Prefeito de Sabáudia pede revisão de dados do IBGE

O prefeito de Sabáudia, Moisés Soares Ribeiro (PP), se reuniu na segunda-feira (19)com o chefe da agência do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) da região de Arapongas, Antônio Norberto Schneider. No encontrou ele discutiram a estimativa populacional do município, de acordo com o prefeito, estaria bastante desatualizada.

continua após publicidade

Os números oficiais da população local correspondem à coleta de dados do último Censo 2010, somando 6.096 pessoas, enquanto a população estimada em 2020 pelo IBGE soma 6.891, o que estaria muito aquém da realidade, segundo o prefeito, que pede ao órgão a possibilidade de se fazer uma revisão de dados ainda neste ano.

A administração municipal sustenta que os números reais apontam uma população de aproximadamente 12 mil habitantes, devido ao crescimento populacional ocorrido nos últimos anos.

continua após publicidade

O prefeito lembra que vários parâmetros podem ser usados para confirmar o crescimento da população como o número de registros de domicílios com a consulta de energia elétrica, ligações de rede de água da Sanepar e cadastro do SUS, entre outros que demonstram esse crescimento populacional bem maior que o apontado pelo IBGE.  

O gerente regional do IBGE, Antônio Schneider, argumenta que está prevista para 2022 a coleta do Censo Demográfico do IBGE para recontagem do índice populacional. No entanto, somente em 2023 os números trarão reflexos positivos para Sabáudia, com a comprovação do aumento da população.

O prefeito Moisés Ribeiro observa que índices populacionais atualizados são importantes para o município, que depende do censo demográfico para o recebimento de recursos federais para aplicação na Educação, Saúde a Assistência Social, os quais acabam tendo um custo bem mais alto e uma receita inferior aos investimentos públicos.

continua após publicidade

Moisés Ribeiro cita ainda que, além do repasse menor recebido pelo Governo Federal, outros problemas como a quantidade inferior de doses de vacinas vêm sendo sentidos pelo município, que sofre com o atraso na faixa etária para a imunização contra a Covid-19. Neste sentido, ele pediu ao representante do IBGE a possibilidade de se fazer uma revisão da estimativa populacional até a realização de um novo censo.

Participaram da reunião a presidente da Câmara Municipal, vereadora Leila Regina Pavezzi, o chefe de gabinete Juliano Beraldi, e os advogados do município, Veríssimo Simões e Maitê Menck.

 Por, Edison Costa 

continua após publicidade
Tags relacionadas: #IBGE #Sabáudia