PR prevê vacinar 4 milhões até maio; estado tem 11 milhões de habitantes - TNOnline
Mais lidas

    Paraná

    PANDEMIA

    PR prevê vacinar 4 milhões até maio; estado tem 11 milhões de habitantes

    PR prevê vacinar 4 milhões até maio; estado tem 11 milhões de habitantes
    Foto por Reprodução/AEN
    Escrito por Agência Estadual de Notícias do Paraná
    Publicado em 16.01.2021, 18:02:34 Editado em 16.01.2021, 18:04:31
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O planejamento do Governo do Paraná aponta para a vacinação contra a covid-19 de aproximadamente 4 milhões de pessoas no estado até o fim de maio. Como o processo estadual vai seguir o Plano Nacional de Imunização (PNI) elaborado pelo Governo Federal, que ainda sequer tem data para iniciar, a tendência é de que a aplicação das doses comece apenas na próxima semana, com aplicação aos grupos considerados prioritários.

    De acordo com o Plano Estadual de Imunização (PEI), a vacinação deverá começar por profissionais da saúde que estão linha de frente do combate ao vírus, formado por 272.817 pessoas; população indígena mapeada em 30 municípios paranaenses (10.565 pessoas); idosos institucionalizados (moradores de asilos e casas de repouso) com 60 anos ou mais (12.224 pessoas), além de quilombolas e comunidades tradicionais ribeirinhas, quantidade que ainda está sendo contabilizada pela Secretaria de Estado da Saúde (SESA).

    Primeira etapa no Paraná: Profissionais de saúde: 272.817Indígenas: 10.565Idosos em asilos: 12.224Ribeirinhas: não confirmado

    Atualmente, 11.516.840 pessoas residem no estado, representando 5,4% da população total brasileira. O Paraná é a unidade mais populosa do sul e o 5º mais populoso do Brasil.

    Segundo a SESA, essa fatia da população será atendida na primeira remessa de vacinas que chegar ao Paraná. A estimativa é que o estado receba 100 mil doses do imunizante da Universidade de Oxford e pelo Laboratório AstraZeneca. Entretanto, com a indecisão do Ministério da Saúde quanto às vacinas importadas do Instituto Serum, na Índia, ainda não se sabe qual será a data de chegada das doses ao Brasil.

    O secretário de Saúde, Beto Preto destacou que outras 300 mil doses do imunizante Coronavac, do laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo, completarão o conjunto inicial de 400 mil doses. Mas, antes disso, a diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vai se reunir no domingo (17) para discutir os pedidos de autorização para uso emergencial dos imunizantes.

    “A orientação do governador é para imunizar o Paraná por inteiro, sem deixar nenhum dos 399 municípios para trás. O nosso lema é Imuniza Paraná”, afirmou o secretário. “Porém, será um processo escalonado que deve durar um ano, que vai andando conforme as doses forem desembarcando no estado”, completou.

    Grupos de risco

    Na sequência, logo após o início da campanha e conforme os imunizantes forem chegando ao Paraná, a SESA planeja vacinar as pessoas que integram o chamado grupo de risco, formado por idosos e pessoas com comorbidades, por exemplo. Os idosos serão divididos por faixa etária.

    Veja como fica a divisão:

    Acima de 80 anos: 250.630 pessoas De 75 a 79 anos: 215.843 pessoas De 70 a 74 anos: 321.432 pessoas De 65 a 69 anos: 439.203 pessoas De 60 a 64 anos: 554.705 pessoas.

    Pessoas com comorbidades: 1.172.812

    Outros grupos vêm na sequência, totalizando pouco mais de 4 milhões de pessoas. “A ideia é conseguir imunizar o grupo de risco em até 90 dias e aproximadamente quatro milhões de paranaenses até o fim de maio”, ressaltou Beto Preto.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Paraná

    Deixe seu comentário sobre: "PR prevê vacinar 4 milhões até maio; estado tem 11 milhões de habitantes"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.