Paraná

PR: Médico suspeito de espancar cachorra até a morte é solto

Homem tinha sido preso em flagrante por maus-tratos a animais

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia PR: Médico suspeito de espancar cachorra até a morte é solto
fonte: Reprodução/Redes Sociais

Suspeito de espancar uma cachorrinha até a morte em Cascavel, no Paraná, o médico anestesista foi solto na tarde desta quarta-feira (12). Ele foi detido em flagrante por maus-tratos a animais na última segunda-feira (10).

continua após publicidade

Conforme o alvará de soltura, o suspeito está em liberdade provisória, sem pagamento de fiança. Apesar de ter sido solto, o médico está proibido de manter contato e qualquer tipo de convivência com animais, sendo proibido de ter a guarda de qualquer espécie, inclusive de seu outro cachorro, chamado Bento. O animal está sob guarda provisória de uma ONG. 

Ainda nesta quarta-feira, o laudo da clínica veterinária que realizou a necropsia de Capitu, como era chamada a cadela, apontou que ela foi agredida antes de morrer. O documento aponta também que, ao abrir o crânio da cachorrinha, foram constatadas áreas hemorrágicas multifocais. O resultado do exame foi que houve hemorragia intracraniana severa por traumatismo cranioencefálico.

continua após publicidade

As informações são da ricmais.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News