Paraná

Porto deve exportar 6,5 milhões de toneladas no 2º trimestre

Em média, por mês, a previsão é embarcar 2.1 milhões de toneladas de soja, farelos, açúcar e milho, entre abril e junho deste ano

Da Redação ·
Terminais paranaenses esperam exportar mais de 6,5 milhões de toneladas de granéis neste 2º semestre
fonte: Claudio Neves/Portos do Paraná
Terminais paranaenses esperam exportar mais de 6,5 milhões de toneladas de granéis neste 2º semestre

Os terminais que operam no Porto de Paranaguá esperam carregar 6.568.990 toneladas de granéis sólidos de exportação no segundo trimestre (abril a junho) deste ano. Em média, por mês, a previsão é embarcar 2.189.663 toneladas de soja, farelos, açúcar e milho.

continua após publicidade

Os volumes de milho e açúcar aguardados para os próximos três meses animam o segmento. Enquanto de abril a junho, no ano passado, não houve milho exportado pelo porto paranaense, neste ano os operadores devem embarcar 980 mil toneladas do produto. “A expectativa para o período é de alta, também para os volumes embarcados de açúcar a granel”, diz o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

De acordo com ele, a alta esperada no açúcar é de quase 8%. No segundo trimestre de 2021, 1.038.096 toneladas do produto foram exportadas pelo Porto de Paranaguá. “Neste ano, no período, o volume esperado é de 1.120.000 toneladas”, acrescenta.

continua após publicidade

No total, o volume projetado é cerca de 1 milhão de toneladas, menor do que foi movimentado nos mesmos três meses no ano passado. A queda é principalmente na soja, em grãos e farelo. “A quebra na produção, devido às condições climáticas adversas na lavoura durante o desenvolvimento da soja, fez com que os terminais reduzissem a expectativa de movimentação do produto”, afirma.

De soja, em grão, as empresas pretendem embarcar pouco mais de 2.980.000 toneladas pelo Porto de Paranaguá no segundo trimestre. De farelo, são esperadas quase 1.489.000 toneladas.

continua após publicidade

CONSOLIDADO

A exportação de granéis sólidos pelo Porto de Paranaguá no primeiro trimestre teve acréscimo de 12,3% em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a março, foram 5.715.000 toneladas de soja, farelo, açúcar e milho carregados pelos terminais paranaenses, frente ao registro de 5.090.037 toneladas nos mesmos três meses de 2021.

“A alta na movimentação neste primeiro trimestre foi puxada, principalmente, pela exportação de soja em grão e farelo”, afirma Luiz Fernando Garcia.

continua após publicidade

Em grão, foram 3.331.029 toneladas – cerca de 18,6% a mais que as 2.809.033 toneladas registradas em 2021. De farelo de soja, o volume exportado foi de 1.315.233 toneladas em 2022. De janeiro a março do ano passado foram 937.108 toneladas. A alta foi de 40,3%.

 As exportações de milho, no período, ficaram praticamente no mesmo volume – 514.121 toneladas do grão foram embarcadas neste ano. No volume de açúcar houve queda: 554.617 toneladas carregadas nesse primeiro trimestre. Em 2021, foram 752.358 toneladas.