Ponta Grossa cria decreto após vítima de covid ser velada com caixão aberto - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Paraná

Ponta Grossa cria decreto após vítima de covid ser velada com caixão aberto

Foto por RPC
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A Prefeitura de Ponta Grossa publicou na quarta-feira (12) um decreto que proíbe velórios de vítimas ou suspeitos de Covid-19. Pela regra antiga os velórios podiam ser realizados, mas com caixão fechado e com limite de pessoas no local. A medida foi tomada após uma vítima da doença ter sido velada por horas com o caixão aberto, no final de julho.

O novo decreto prevê que o sepultamento ou a cremação deve acontecer de forma direta, até 24 horas após a morte. Os familiares podem optar por fazer uma despedida da vítima, no local de sepultamento, desde que seja ao ar livre e com a presença de, no máximo, dez pessoas. Essa despedida deve durar até 20 minutos.

O decreto também determina que a funerária retire o corpo da vítima do local de morte em no máximo quatro horas. A fiscalização deve ser feita pela Guarda Municipal. As medidas valem até o dia 31 de dezembro.

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), de quarta (12), a cidade confirmou 1.738 casos confirmados de coronavírus e teve 21 mortes confirmadas pela doença.

Com informações G1 Paraná. 

Deixe seu comentário sobre: "Ponta Grossa cria decreto após vítima de covid ser velada com caixão aberto"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.