Mais lidas
Ver todos

    Paraná

    Polícia prende quadrilha que utilizava nome de hospital de Londrina para aplicar golpes

    Foto por PCPR
    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu, na quinta-feira (30), quatro pessoas suspeitas de se passar por diretores e funcionários do Hospital Evangélico, em Londrina, no Norte do Estado. Os indivíduos estariam fraudando contratos de aluguel e compra e venda de bens em nome do hospital. O prejuízo estimado é de R$ 4 milhões. 

    A associação criminosa tentou por diversas vezes comprar ou alugar bens em nome do hospital, dentre eles caminhões para descarte de material hospitalar infeccioso, caminhões para transporte de materiais e cestas básicas. Os indivíduos tinham sempre como pretexto o combate à Covid-19. 

    Os policiais civis conseguiram flagrar o exato momento em que os suspeitos estavam adquirindo dois caminhões de R$ 900 mil, através de contrato fraudulento firmado com uma empresa do estado de São Paulo. Uma arma de fogo foi apreendida.

    Para aparentar legalidade nas transações, os indivíduos falsificavam toda a documentação contábil do hospital, faziam “lives” para tratar das negociações e ainda indicavam como local de entrega um galpão da Prefeitura de Londrina. 

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Top de Marcas 2020

    Deixe seu comentário sobre: "Polícia prende quadrilha que utilizava nome de hospital de Londrina para aplicar golpes"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.