Paraná

Polícia Civil mira esquema de corrupção em cadeia de Maringá

A ação mira um grupo suspeito de manter um esquema de corrupção envolvendo presos e agentes da cadeia

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Polícia Civil mira esquema de corrupção em cadeia de Maringá
fonte: Divulgação/Polícia Civil

A Casa de Custódia de Maringá, Paraná, está sendo alvo de uma operação da Polícia Civil (PC), deflagrada nesta terça-feira (1º). A ação mira um grupo suspeito de manter um esquema de corrupção envolvendo presos e agentes da cadeia. 

continua após publicidade

De acordo com as informações da PC, oito mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão preventiva, em Maringá, Sarandi e Campo Mourão estão sendo feitos nesta manhã. 

A investigação apontou que o grupo negociava itens ilegais a presos, como drogas e celulares. Familiares depositavam dinheiro na conta de um dos integrantes da organização criminosa.

continua após publicidade

Após o pagamento, segundo a polícia, os agentes de cadeia entregavam os itens solicitados e recebiam o dinheiro.

Além de corrupção, segundo a Polícia Civil, os investigados devem responder pelos crimes de associação ao tráfico, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Durante as investigações, que começaram em março de 2021, a polícia descobriu que o chefe da organização criminosa, que está preso na Casa de Custódia, chegou a adquirir um terreno com dinheiro do crime. O imóvel foi registrado no nome de outra pessoa.

Com informações do g1.