Paraná

Polícia Civil investiga assassinato de sogra e nora no Paraná

Inicialmente, os investigadores não relacionam o crime com intolerância religiosa, e trabalham com a linha de feminicídio

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Andrea Sabino, de 49 anos, e Rebecca Kapusta, de 23
fonte: Reprodução
Andrea Sabino, de 49 anos, e Rebecca Kapusta, de 23

A Polícia Civil (PC) está investigando o assassinato das duas mulheres ocorrido na madrugada de quinta-feira (21), em uma residência na cidade de Ibiporã, na região metropolitana de Londrina. As vítimas, que eram sogra e nora, foram mortas a tiros. Um bebê, de apenas três meses também foi atingido e ficou ferido.

continua após publicidade

De acordo com informações da polícia, o assassino invadiu a casa onde elas estavam e atirou contra as duas. Andrea Sabino, de 49 anos, e Rebecca Kapusta, de 23, foram atingidas na cabeça e morreram no local. O criminoso fugiu em uma motocicleta. Na residência também funciona um Centro de Umbanda.

Inicialmente, os investigadores não relacionam o crime com intolerância religiosa, e trabalham com a linha de feminicídio. No entanto, não descartam nenhuma hipótese. Segundo evidências levantadas pela polícia, não há indícios ou provas de ameaças vindas do ex-namorado de Rebecca, porém, testemunhas ouvidas no caso relatam que a jovem estaria sendo ameaçada pelo ex-companheiro que não aceitava a separação.   

“Não descartamos outras motivações. A gente não encontrou ocorrências, por parte das vítimas, relacionadas a ameaças, mas há relatos que uma delas vinha sendo ameaçada devido ao fim de um relacionamento”, diz

continua após publicidade
- Vitor Dutra, Delegado responsável pelo caso

A criança foi encaminhada ao Hospital Cristo Rei, em Ibiporã, e não corre risco de morte. As vítimas foram sepultadas na manhã desta sexta-feira (22), em Londrina.

Com informações, Tem Londrina

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News