Polícia Civil de Curitiba investiga cemitério que seria usado por criminosos - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

CLANDESTINO

Polícia Civil de Curitiba investiga cemitério que seria usado por criminosos

Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A Polícia Civil de Curitiba investiga um possível cemitério clandestino que seria usado por criminosos. Na manhã desta segunda-feira (19), policiais civis,  guardas municipais e bombeiros  foram até o local.

O cemitério fica no Caximba. Associações criminosas usam o cemitério clandestino para enterrar corpos, de acordo com a Polícia Civil.

Segundo o delegado Victor Menezes, a Polícia Civil já estava recebendo denúncias sobre esse caso há bastante tempo. Nas últimas semanas, a Polícia Civil recebeu uma localização mais exata de onde ficava o cemitério clandestino.

Ossada humana

Então, nesta manhã, começaram as buscas no local. Escavações foram feitas com pás, até o momento, e uma ossada foi encontrada. Cães farejadores foram usados na ação.

O delegado disse que, por meio de fotos, o setor de antropologia do Instituto Médico-Legal (IML) confirmou se tratar de ossada humana: vértebras e costelas. Ainda não se sabe se é um corpo ou mais.

A perícia foi chamada para ir ao cemitério clandestino. O delegado explicou que será preciso pedir exame de DNA para identificar quem está enterrado no local e descobrir qual crime aconteceu.

O local foi isolado e, conforme o delegado, buscas continuarão a ser realizadas na região.

Com informações, G1


Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Polícia Civil de Curitiba investiga cemitério que seria usado por criminosos"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.