Paraná

PM's são presos em operação que investiga jogos ilegais

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia PM's são presos em operação que investiga jogos ilegais
fonte: Divulgação/Gaeco
PM's são presos em operação que investiga jogos ilegais

Cinco policiais militares foram presos em uma operação que busca investigar a exploração de jogos ilegais no norte do Paraná. O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) foi responsável pelo cumprimento dos 14 mandados de prisão, expedido pelo Ministério Público do Paraná,  contra empresários e policiais de Jataizinho, Ibiporã e Londrina. 

continua após publicidade

De acordo com o MP-PR, um policial civil e sete empresários também foram presos durante o cumprimento dos mandados nos municípios de Jataizinho, Ibiporã e Londrina. Um alvo de mandado de prisão não foi encontrado.

Também são investigados os crimes de lavagem de dinheiro, corrupção passiva e ativa. As corregedorias da PM e da Polícia Civil também participaram da operação.

continua após publicidade

Conforme o promotor Leandro Antunes, os policiais eram pagos por empresários que exploravam máquinas de caça-níquel e jogo do bicho para não realizar fiscalização nas cidades.

Há a suspeita de que os policiais também vazavam informações sobre operações policiais.

Segundo o MP-PR, alguns policiais investigados também investiam dinheiro nas atividades ilícitas e exploravam jogos de azar.

continua após publicidade

Outros dois policiais militares são investigados por envolvimento nos crimes. Todos os agentes de segurança foram afastados das funções, segundo o MP-PR.

O MP-PR informou que foram apreendidas máquinas de caça-níquel, dinheiro, celulares e documentos durante o cumprimento dos mandados.

Com informações: G1