Paraná

PF do Paraná utiliza Lamborghini de R$ 800 mil como viatura

O automóvel vai de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline

Uma Lamborghini Gallardo LP 560-4 avaliada em R$ 800.000 virou uma viatura da Polícia Federal do Paraná. O "supercarro" foi apreendido durante apurações da Operação Daemon, que investigou fraudes em negociações com criptomoedas. A Justiça Federal entregou o veículo à PF. 

continua após publicidade

De acordo com as informações da corporação, o carro era de Cláudio José de Oliveira, mais conhecido como "Rei do Bitcoin". O suposto "rei" fazia parte de um grupo que desviou aproximadamente R$ 1,5 milhão em negociações que simulavam compra e venda de criptomoedas. 

A Lamborghini tem um motor de 10 cilindros com 560 cavalos de potência. O automóvel alcança a velocidade de 100 km/h em 3,7 segundos e pode atingir a máxima de 325 quilômetros por hora. 

continua após publicidade

Mas, segundo a PF, o carro não será utilizado em operações. Ele deve fazer parte de exposições, eventos e ações pedagógicas sobre repressão ao crime organizado. 

Além disso, o superesportivo não vai ficar muito tempo na garagem da PF ou pintado como viatura, já que a permissão que a justiça deu para uso do carro é temporária, contudo, o prazo para devolução do veículo não foi divulgado.

Posteriormente, a Lamborghini será leiloada e o dinheiro arrecadado será entregue às pessoas que foram vítimas de fraudes com criptomoedas

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News