Parcerias internacionais devem ampliar implantação de energia solar - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Paraná

Parcerias internacionais devem ampliar implantação de energia solar

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O secretário do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, João Carlos Ortega, participou nesta sexta-feira (04) de reunião on-line com representantes de organizações internacionais, encontro que marcou oficialmente o início dos trabalhos previstos no Memorando de Entendimentos assinado entre as instituições. O documento prevê o intercâmbio de informações, documentos, metodologias, projetos e resultados de ações para a implantação de sistemas de geração de energia limpa com tecnologia fotovoltaica.

A reunião foi com integrantes da C40, rede das 94 maiores cidades do mundo para o enfrentamento das mudanças climáticas; da GIZ, empresa do governo alemão de atuação global para a área do desenvolvimento sustentável; e do Programa C40-CFF (Cities Finance Facility) para as áreas de negócios, energia e estratégia industrial.

Ortega destacou que a Secretaria do Desenvolvimento Urbano/Paranacidade já desenvolve um projeto-piloto para a implantação de sistemas fotovoltaicos em 240 edifícios públicos em diversos municípios do Paraná.

Ele explicou que o objetivo é levar a tecnologia para as escolas municipais de todo o Estado. “Temos aproximadamente 5 mil escolas públicas nos 399 municípios paranaenses. Temos um projeto-piloto em andamento, mas queremos ir além. Nossa meta é alcançar todas as escolas municipais”, afirmou.

O secretário também elencou os diversos benefícios decorrentes da geração fotovoltaica. “Há ganhos diretos em relação ao meio ambiente, com a menor demanda de energia produzida por outras matrizes. Há também a economia de recursos públicos, o que faz com que as prefeituras possam destinar o dinheiro do contribuinte para outras áreas e, assim, promover o desenvolvimento sustentável e a transformação na vida das pessoas”, disse.

Para Ortega, além do Sistema de Financiamento dos Municípios (SFM), que dispõe os recursos para projetos de desenvolvimento urbano autorizados pela secretaria e operados pelo Paranacidade, projetos novos necessitam de novas fontes de recursos. “Teremos maiores facilidades para ampliar o número de projetos com recursos originados de diferentes investidores, além dos que já temos”, garantiu.

AGENDA 2030 - O superintendente executivo do Paranacidade, Álvaro Cabrini, reafirmou o compromisso da entidade com a Agenda 2030 da ONU e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, especialmente o ODS 11 (Cidades e Comunidades Sustentáveis), o ODS 7 (Energias renováveis) e o 17 (Parceria para o Desenvolvimento) e a necessidade de acesso pelos municípios das inovações disponíveis.

“Temos levado para os municípios tecnologias de excelência em infraestrutura urbana. A energia hidroelétrica está ficando cara no Brasil. Essa parceria vai facilitar a distribuição do conhecimento necessário para os municípios implantarem os seus próprios projetos”, acrescentou.

REVOLUÇÃO SOLAR - Para o diretor da C40 para a América Latina, Ilan Cuperstein, a parceria será importante para ampliar a implantação de projetos de energia solar no Paraná.  Da GIZ, Henri Pierre Gbauer disse que a capilaridade do Paranacidade será muito importante para o que chamou de “revolução solar” e para promover benefícios para o clima.  James Alexander, do C40-CFF, defendeu que as visões compartilhadas por todas as instituições envolvidas vai reforçar o apoio às cidades em busca da sustentabilidade. 

PRESENÇAS – Também participaram da reunião, pelo C40-CFF, a gerente regional de Engajamento para a América Latina, Selene Aparício, e o assessor de projetos sênior, João Fávaro de Oliveira; e, pelo Paranacidade, a diretora de Operações, Camila Mileke Scucatto, e o assessor da Superintendência e articulador ODS, Geraldo Luiz Farias.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Parcerias internacionais devem ampliar implantação de energia solar"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Todos os candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.