Paraná

Paraná tem o 1º registro de neve do ano, diz Simepar

A temperatura mínima da cidade chegou a 1,8ºC

Da Redação · GoogleNews

Siga o TNOnline
no Google News

Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Paraná tem o 1º registro de neve do ano, diz Simepar
fonte: Prefeitura de Palmas

O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) confirmou nesta quarta-feira (18), que o fenômeno registrado na tarde de terça-feira (17), em Palmas, no sul do Paraná, foi classificado como neve. A temperatura mínima da cidade chegou a 1,8ºC.

continua após publicidade

Com a confirmação do órgão, este foi o primeiro registro de neve no Paraná neste ano.

No distrito de Horizonte, o morador Maurício Tamanho conseguiu ver e gravar pequenos flocos brancos acumulados em um casaco sobre um carro. 

continua após publicidade

Na terça-feira, o Simepar não tinha confirmado que era neve. Contudo, após análises, explicou que houve queda de neve com chuva congelada.

Chuva congelada x neve

Conforme o meteorologista do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) Lisandro Jacobsen, a chuva congelada é um estágio anterior da precipitação de neve. Entre os dois fenômenos, uma das diferenças mais marcantes é a espessura dos flocos congelados.

continua após publicidade

"A chuva congelada, vamos botar um exemplo prático: se tu tiveres dentro do carro, ela vai quicar na hora que bate no para-brisa, como se fosse uma bolinha bem pequenininha, uma gota de chuva que vira uma pedrinha de gelo [...] Já o floco de neve, como ele não é tão espeço, ele vem e o vento consegue até tocar ele, mudar de direção, mas ele vem e fica grudado no para-brisa, mas não quica," explica o meteorologista.

Ele comenta que o fenômeno ocorre quando são registradas baixas temperaturas e muita umidade no ar. Ao caírem das nuvens, as gotas congelam ao terem contato com a atmosfera fria.

"A precipitação é de bastante frio e nestes casos na chuva congelada, ela (água) congela durante o trajeto da nuvem até o solo. Ela se congela porque a atmosfera está muito gelada", finaliza Lisandro.

Com informações, G1