Paraná

Operário que ficou ferido em acidente na UEM morre no hospital

O acidente de trabalho ocorreu em junho e deixou cinco trabalhadores feridos

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Operário que ficou ferido em acidente na UEM morre no hospital
fonte: Corujão Repórter

Morreu no início da tarde desta quinta-feira (21), um dos operários que ficou ferido após o desabamento de uma laje no campus da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Robert Moisés estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Casa. 

continua após publicidade

O acidente de trabalho ocorreu em junho e deixou cinco trabalhadores feridos. As demais vítimas já receberam alta médica.

Acidente

continua após publicidade

A laje de um prédio em construção na UEM desabou na manhã deste sábado, dia 25 de junho, deixando cinco trabalhadores da obra feridos. A maioria deles apresentando suspeitas de fraturas nas pernas e braços. Um dos trabalhadores sofreu trauma abdominal.

Apesar da gravidade da ocorrência, nenhuma das pessoas que estava no local morreu. Segundo informações no local, os trabalhadores estavam concretando a laje, quando ela desabou por volta das 9h45. As equipes de socorro prontamente se deslocaram até o local.

Ambulâncias do Serviço Atendimento Médico de Urgência (Samu) e do Siate do Corpo de Bombeiros, prestaram os primeiros atendimentos. Equipes da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) também foram até o local para isolar parte da avenida Colombo para auxiliar no trabalho dos socorristas.

continua após publicidade

As vítimas, que ainda não foram identificadas, foram encaminhadas para os hospitais Bom Samaritano, Metropolitano, Santa Casa e Hospital Universitário Municipal. 

Em nota, a UEM afirmou que todas as vítimas estavam conscientes e estáveis. A universidade afirmou ainda que acompanha o estado de saúde dos trabalhadores e está à disposição. 

“Segundo as primeiras informações recebidas pela Administração Central, no momento da concretagem da última laje, ainda vazia, as escoras não aguentaram e o conjunto de caixaria e ferragem ruíram”, disse a instituição em nota.

continua após publicidade

O prédio em questão é o bloco Q-07 é local das futuras instalações da Caixa Econômica Federal e da Diretoria de Material e Patrimônio da universidade.

Nota de pesar da UEM

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) lamenta, profundamente, o falecimento do operário Robert Moisés Caetano, de 28 anos, funcionário da Construtora Mondeo, que estava internado no Hospital Santa Casa de Maringá desde 25 de junho, após sofrer acidente no Bloco Q-07, em fase de construção no campus sede da universidade.

Os proprietários da empresa responsável pela obra estão prestando todo o apoio necessário como tem feito desde o início do acidente. Aos familiares e amigos, a UEM presta os mais sinceros sentimentos de pesar e de solidariedade e deseja que, com o tempo, possam encontrar conforto, apesar da tristeza, da saudade e do vazio em seus corações.

Informações do site Corujão Notícias. 

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News