Mais lidas

    Paraná

    Segurança

    Operação Sinergia vai garantir cumprimento de decreto estadual

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 05.12.2020, 15:51:28 Editado em 05.12.2020, 18:28:17
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Cerca de quatro mil policiais militares, policiais civis, agentes penitenciários, guardas municipais e agentes federais estão nas ruas de todo o Estado para reforçar as ações ostensivas. O objetivo é reduzir crimes e aumentar a sensação de segurança, além de fiscalizar e orientar a população para o cumprimento do decreto estadual de restrição de circulação de pessoas e de limitação de funcionamento de estabelecimentos comerciais.

    O secretário da Segurança Pública do Paraná, Romulo Marinho Soares, esteve no Litoral para acompanhar o início das atividades e aproveitou para agradecer o empenho dos profissionais e reforçar o papel de apoio da Secretaria às ações operacionais.

    Além de garantir a segurança nas ruas, as equipes estão atendendo denúncias de aglomerações ou festas clandestinas, além de fiscalizar a restrição de circulação de pessoas, entre as 23 horas e 5 horas.

    A operação Sinergia, coordenada pela Polícia Militar, inclui a Polícia Civil, o Departamento Penitenciário, as Guardas Municipais, a Polícia Federal, a Polícia Rodoviária Federal, a Receita Federal e a Receita Estadual. A Polícia Judiciária apoia as atividades com ações ostensivas para combate ao crime organizado, e as equipes do Departamento Penitenciário reforçam os trabalhos em todo o estado.

    AEN

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Paraná

    Deixe seu comentário sobre: "Operação Sinergia vai garantir cumprimento de decreto estadual"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.