Paraná

Mulher é presa suspeita de mandar matar haitiano no Paraná

Irmão da suspeita foi quem atirou na vítima, segundo o delegado

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Mulher é presa suspeita de mandar matar haitiano no Paraná

Na manhã desta sexta-feira (6), uma mulher foi presa suspeita de mandar matar um homem haitiano em Curitiba, no Paraná. O crime ocorreu no final de fevereiro. Com informações do g1.

continua após publicidade

De acordo com a Polícia Civil, a suspeita agiu por preconceito e pediu que o irmão, um adolescente, atirasse no homem, que a havia convidado para dançar em um bar.

Na operação desta sexta-feira, o adolescente irmão da suspeita também foi encaminhado à delegacia mas, segundo o delegado Tito Barrichello, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), não foi por ter atirado na vítima e sim por ter sido flagrado com drogas.

continua após publicidade

O haitiano estava no Brasil havia dois anos, para trabalhar. Câmeras de segurança registraram o momento em que ele foi baleado, no bairro Alto Boqueirão.

Nas imagens, é possível ver o momento em que o suspeito chega correndo com uma arma na mão, para ao lado do carro e atira várias vezes. Depois disso, o suspeito fugiu.

O delegado comentou que, até esta sexta-feira, não havia mandado de apreensão contra o irmão da suspeito.

continua após publicidade

"Houve uma vítima que perdeu a vida por preconceito, em pleno século 21. Temos hoje o cumprimento de mandado de prisão temporária da mulher e temos um adolescente que foi conduzido porque estava com drogas , que é a pessoa que executa a vítima", disse ao g1.

Um segundo adolescente, também investigado, foi identificado como responsável por alugar a arma do crime, mas este morreu durante a investigação, segundo a polícia.

Com informações do g1.