Mais lidas
Ver todos

    Paraná

    MP pede lockdown nas principais cidades paranaenses

    Foto por Divulgação/PMP
    Escrito por Da Redação
    Publicado em Editado em
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

    O Ministério Público do Paraná (MP-PR), ajuizou uma ação pedindo à justiça que decrete lockdown nas principais cidades do estado do Paraná, como Curitiba, Londrina, Maringá e Cascavel, por conta do aumento dos casos de covid-19 nestes municípios. Os promotores de Saúde Pública do Paraná assinaram conjuntamente a ação, depois de classificar o momento como "gravíssimo".

    Os procuradores de justiça do MP em Londrina lideraram a iniciativa de pedido de lockdown nas principais cidades do Paraná. Além disso, registraram um pedido ao judiciário para anular o decreto do governador Ratinho Jr (PSD), que autoriza a reabertura de alguns setores não essenciais da economia.

    O Governo do Paraná informou que ainda não foi notificado da ação e aguarda a manifestação do Poder Judiciário a respeito do assunto.

    “Enquanto o discurso e orientação normativa não se atrelarem a medidas práticas garantidoras de distanciamento e de isolamento social, os índices de pacientes diagnosticados e de óbito somente irão aumentar”, diz trecho do documento.

    Além disso, o MP requer a suspensão temporária de cirurgias eletivas em todas as regiões do estado, com exceção apenas para casos considerados como urgentes. Isso se deve ao desabastecimento de medicamentos utilizados no combate à covid-19.

    A ação pede que, caso a justiça acate o pedido, seja estabelecida uma multa diária de R$ 10 mil se o governo descumprir o decreto. Valor que seria revertido à saúde. 

    Com informações do site TemLondrina 

    Gostou desta matéria? Compartilhe!
    TNTV
    TNTV

    Acidente envolvendo três carros acontece no centro de Apucarana

    Deixe seu comentário sobre: "MP pede lockdown nas principais cidades paranaenses"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.