Motorista de acidente com 19 mortes alega problema nos freios - TNOnline
Mais lidas

    Paraná

    TRAGÉDIA EM GUARATUBA

    Motorista de acidente com 19 mortes alega problema nos freios

    Motorista de acidente com 19 mortes alega problema nos freios
    Foto por Foto: Grupo 277/Colaboração
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 25.01.2021, 18:37:38 Editado em 25.01.2021, 18:37:43
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O motorista de 67 anos, que conduzia o veículo envolvido no acidente que deixou 19 mortes na BR-376, em Guaratuba, Litoral do Paraná, na manhã desta segunda-feira (25), alegou problema nos freios do veículo. Em depoimento à Polícia Civil, o condutor, muito emocionado, disse que tentou acessar a área de escape da rodovia, próxima ao local do tombamento, porém não conseguiu.

    O delegado Cristiano Quintas, plantonista da Delegacia de Guaratuba, disse que o motorista passou por todos os exames, que descartaram embriaguez ao volante. No depoimento, relatou o problema mecânico. “Ele nos contou que, após o início das curvas, percebeu o problema de freio e não conseguiu segurar e nem entrar na área de escape. Não venceu uma das curvas e acabou tombando”, descreveu.

    O ônibus, conduzido pelo experiente motorista, saiu de Ananindeua, no Pará, e seguia até Balneário Camboriú, Santa Catarina, estando a menos de 150 km do destino final, após ter percorrido mais de 3,3 mil km. Ele foi contratado pela empresa de forma terceirizada. “Um motorista experiente, com anos de profissão, que estava emocionado e falou que era a terceira viagem que fazia por essa empresa, contratado de forma terceirizada, junto com outro motorista com quem revezava na direção”, explicou Quintas.

    O delegado ainda descreveu que o motorista estava descansado, uma vez que tinha assumido a direção há poucos minutos. “O motorista havia assumido a direção há pouco tempo e estava descansado, com o problema sendo realmente a falta de freio”, disse.

    Relato de sobreviventes

    Os sobreviventes sem ferimentos do acidente que matou 19 pessoas na ‘Curva da Santa’, na BR-376, em Guaratuba, Litoral do Paraná, seguiam na maioria a Santa Catarina (SC) para trabalhar ou visitar familiares. Eles relataram momentos de horror após o tombamento do veículo no início da manhã desta segunda-feira, na pista sentido SC.

    À Litorânea FM, de Guaratuba, o passageiro Silas, que escapou sem ferimentos, contou que foram momentos de terror. “Lembro de quando o ônibus tombou. Olhei para o lado e eram muitas pessoas mortas, penduradas na janela e até agora todo mundo está em choque. Nasci de novo. Foi a mão de Deus para deixar os sobreviventes”, disse Silas, que saiu do Pará com destino a Itapema, onde iria começar a trabalhar.

    Com informações Banda B.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Paraná

    Deixe seu comentário sobre: "Motorista de acidente com 19 mortes alega problema nos freios"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.