Paraná

Morre padre Antônio de Pádua Almeida, em Maringá

Desde 2013, o religioso era vigário da Catedral de Maringá

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
A Arquidiocese de Maringá lamentou a morte do padre e relembrou o histórico de religiosidade de Almeida
fonte: Reprodução
A Arquidiocese de Maringá lamentou a morte do padre e relembrou o histórico de religiosidade de Almeida

A Arquidiocese de Maringá, no norte do Paraná, confirmou a morte do padre Antônio de Pádua Almeida, aos 79 anos. O religioso era muito conhecido na região e atuou em diversas paróquias, como a de Marialva, onde trabalhou por 16 anos.

continua após publicidade

Padre Almeida, como era mais conhecido, passou mal na manhã desta terça-feira (12). Socorristas foram chamados, mas o religioso não resistiu.

Atualmente, Almeida morava na casa dos padres idosos, que fica anexa à residência do bispo de Maringá.

continua após publicidade

A Arquidiocese de Maringá lamentou a morte do padre e relembrou o histórico de religiosidade de Almeida.

Carreira

Nascido em Caconde (SP), em 1942, Almeida foi ordenado antes mesmo da conclusão do curso de Teologia, em 1966, após pedido do primeiro Arcebispo de Maringá, Dom Jaime Luiz, ao Vaticano.

continua após publicidade

O padre foi responsável pela elaboração do primeiro Plano Pastoral da Arquidiocese de Maringá e se tornou em uma referência no assunto para a Igreja Católica brasileira.

Em 1983, Almeida foi nomeado pároco de Marialva, onde permaneceu por 16 anos.

Desde 2013, o religioso era vigário da Catedral de Maringá.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News