Paraná

Moradora de Maringá morre por complicações da dengue

Giselle Itália Ruggeri Chiuchetta foi diagnosticada com um quadro de dengue hemorrágica

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Moradora de Maringá morre por complicações da dengue
fonte: Reprodução/Facebook

Uma moradora de Maringá, de 47 anos, morreu nesta terça-feira (12), por complicações causadas por um quadro de dengue. Conforme informações da Arquidiocese de Maringá, ela teve morte cerebral confirmada. 

continua após publicidade

Giselle Itália Ruggeri Chiuchetta havia sido diagnosticada com um quadro de dengue hemorrágica, foi internada, mas sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Por meio de nota, a arquidiocese do município comunicou o falecimento de Giselle. Ela era mulher do diácono Marcus Geandré Nakano Ramiro, da paróquia Catedral Nossa Senhora da Glória.

“Neste momento de dor, a Igreja se solidariza com os familiares e conclama o Povo de Deus a unir forças para combater o mosquito transmissor da dengue. A responsabilidade pela vida é de todos. Com fé, rezemos: Dai-lhe, Senhor, o repouso eterno e brilhe para ela a Vossa luz!”, informou a nota. 

continua após publicidade

Giselle é velada nesta quarta-feira (13), no Cemitério Parque de Maringá. A partir das 14 horas, o velório vai ocorrer na Catedral de Maringá e, para às 15 horas, está marcada uma missa de corpo presente, antes do sepultamento. 

Informações do GMC Online. 

Tags relacionadas: #Dengue #Maringá #morte