Paraná

Médico é espancado até a morte dentro da própria residência

O suspeito do crime disse aos policiais que Fábio havia lhe atacado e, por conta disso, revidou as agressões com socos e chutes

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Médico é espancado até a morte dentro da própria residência
fonte: Reprodução/Redes Sociais

Um médico foi morto de forma brutal dentro da própria residência, na noite desse domingo (5), em Prudentópolis, município que fica a 204,4 km de distância de Curitiba, no Paraná. O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), do Corpo de Bombeiros, e a Polícia Militar (PM) atenderam a ocorrência.

continua após publicidade

Conforme as autoridades, o homem, identificado como Fábio Maia, de 44 anos, foi espancado até a morte no interior de sua casa e o principal suspeito de ter cometido o crime é um amigo dele, de 19 anos. Ele foi preso em flagrante.

Logo após matar Fábio, o sujeito acionou o Siate, alegando que o médico não estava respirando. Assim que os socorristas chegaram no local, precisaram arrombar o portão. Eles encontraram a vítima gravemente ferida com diversas lesões na cabeça.

continua após publicidade

O suspeito do crime disse aos policiais que Fábio havia lhe atacado e, por conta disso, revidou as agressões com socos e chutes. “Em um dos quartos haviam marcas de sangue na cama e nas paredes”, disse a PM.

O profissional de saúde foi levado para a Santa Casa de Prudentópolis, porém, no local, sofreu uma parada cardíaca, que o levou à morte. 

Na casa da vítima foram apreendidos três aparelhos celulares, dois do médico e um do amigo.

Com informações do site DC+.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News