Paraná

Médica é agredida por familiar de paciente em UPA, no Paraná

Agressões aconteceram após médica orientar que familiar aguardasse atendimento na sala de espera

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Médica é agredida por familiar de paciente em UPA, no Paraná
fonte: Lucilia Guimarães/SMCS

Na madrugada deste domingo (30), uma médica foi agredida fisicamente durante um atendimento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em Curitiba. Uma equipe da Guarda Municipal foi acionada para prestar apoio à profissional.

continua após publicidade

Segundo a prefeitura, o caso, que foi registrado na UPA do Pinheirinho, aconteceu após a médica orientar que a familiar do paciente aguardasse o atendimento na sala de espera.

A vítima e a suspeita foram encaminhadas para a Central de Flagrantes da Polícia Civil, na capital, junto a uma testemunha.

continua após publicidade

Por meio de nota, a SMS lamentou que "neste momento atual da pandemia, após trabalhar incansavelmente durante todo esse período, os profissionais de saúde estejam sendo atacados e sendo vítimas de agressão, por parte da população".

Disse, ainda, que "a profissional foi agredida no exercício de sua função, sem nada que houvesse justificativa para tamanha violência".

Por conta do ocorrido, a Prefeitura de Curitiba solicitou reforço da Guarda Municipal nas UPAs da cidade e fez um apelo à população para que respeitem os profissionais que atuam no combate à pandemia.

Com informações, g1.