Paraná

Máscaras voltam a ser obrigatórias em escolas de Sabáudia

Será publicado um Decreto Municipal regulamentando o uso do acessório entre os estudantes, funcionários e professores durante as aulas.

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Máscaras voltam a ser obrigatórias em escolas de Sabáudia
fonte: Reprodução

Uma reunião convocada pela Secretaria Municipal da Saúde de Sabáudia, aconteceu nesta manhã de terça-feira (17), no auditório do Paço Municipal, reunindo diretores e representantes das Escolas públicas e privada do município, além de vereadores, departamento jurídico e representantes religiosos da comunidade.

continua após publicidade

A pauta da reunião foi sobre a necessidade de adotar medidas de saúde pública, em especial para as crianças e adolescentes, contra o aumento das doenças respiratórias como gripe, tosse, pneumonia e covid-19 entre outras, devido a chegada do frio.

Além do prefeito Moises Soares Ribeiro, a Secretária da Saúde Leila Cristina da Silva Ramalho e o médico pediatra Endi Takeda, que explanou sobre a preocupação no aumento da procura por atendimento médico no Pronto Atendimento Municipal e demanda por remédios, que já começam a faltar, não somente na rede pública, mas também nas farmácias particulares.

continua após publicidade

A recomendação dada pelo médico é de que os pais procurem primeiramente as Unidades Básicas de Saúde ou façam agendamento com os pediatras, visando não aglomerar crianças no PAM, causando ainda mais riscos de contágio das doenças de inverno e consequentemente, elevando a procura por medicamentos. Em casos que não sejam graves, ou num primeiro momento, as famílias não devem mandar seus filhos para a escola, e observar os sintomas, antes de procurar a emergência, orientou o especialista.

Todos chegaram no entendimento de que, com o aumento de casos de doenças respiratórias e Covid-19, o uso de máscara passa a ser obrigatório no ambiente escolar em Sabáudia. Será publicado um Decreto Municipal regulamentando o uso do acessório entre os estudantes, funcionários e professores durante as aulas.

Fonte: Assessoria de Imprensa

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News