Paraná

Maringaense vai à Ucrânia lutar na guerra contra a Rússia

Empresário e instrutor de tiro, o jovem já foi militar e vai atuar no conflito na função de atirador

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Maringaense vai à Ucrânia lutar na guerra contra a Rússia
fonte: Arquivo pessoal

Tiago Rossi, de 28 anos, morador de Maringá, vai apoiar o exército ucraniano na guerra contra a Rússia. Ele vai embarcar na próxima terça-feira (8), um dia depois de seu aniversário. Empresário e instrutor de tiro, o jovem já foi militar e vai atuar no conflito na função de atirador.

continua após publicidade

Por meio de publicação nas redes sociais nesta sexta-feira (4), Rossi revelou que ingressou no exército ucraniano pela Legião Internacional de Defesa Territorial da Ucrânia, formada por estrangeiros que queiram combater os russos no país.

“Fui chamado para dar apoio ao exército ucraniano na guerra contra a Rússia. Vou atuar numa área específica, como atirador. (…) Cada um atua na tua especialidade, é bem organizado. Estamos bem assessorados pela inteligência ucraniana. É uma experiência ímpar. Confesso para vocês que dá medo, não tenho nenhuma experiência numa guerra, obviamente, mas acho que vai ser algo inesquecível na minha vida. Peço que todos estejam orando e desejando sorte. É algo que nunca imaginei que aconteceria na minha vida”, disse Rossi em story no Instagram.

continua após publicidade

À reportagem do GMC Online, o jovem disse que, por questões de segurança, não pode passar mais informações sobre a operação.

Este sábado é o décimo dia da guerra na Ucrânia. A Rússia iniciou a invasão no dia 24 de fevereiro.

Com informações do GMC.

Tags relacionadas: #GUERRA #Maringá #Rússia #ucrânia