Paraná

Maringaense morre depois de ficar preso em motor de barco

Valter acabou morrendo afogado depois de ficar preso à hélice do motor de um barco

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Maringaense morre depois de ficar preso em motor de barco
fonte: Reprodução/Redes Sociais

Um maringaense morreu afogado no final da manhã desta quinta-feira (10), na praia de Porto Belo, Santa Catarina, depois de ficar preso à hélice do motor de um barco durante um mergulho. A vítima, identificada como Valter Santos Ortunho Rosa Junior, de 36 anos, havia se mudado há quatro meses para a cidade litorânea para trabalhar com um food truck. 

continua após publicidade

De acordo com as informações do site Porto Belo Notícias, Valter ficou preso à hélice após sua roupa se enroscar no equipamento. O homem, que atuava na área de marketing, ficou submerso na água.

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas e, depois de algum tempo, conseguiram retirar a vítima da água, porém, ela não resistiu e morreu. 

continua após publicidade

Ainda conforme o portal de notícias, Valter era experiente em atividades aquáticas e se preparava para montar uma escola de mergulho. 

Conforme a família da vítima, o homem deixa a esposa e quatro filhos. O corpo dele será cremado nesta sexta-feira (11), em Maringá, Paraná. 

A morte de Valter gerou comoção nas redes sociais.

As informações são dos sites Porto Belo Notícias e Corujão Notícias.