Mais de 200 motoristas e cobradores suspendem atividades em Londrina - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Falta de pagamentos

Mais de 200 motoristas e cobradores suspendem atividades em Londrina

Por falta de pagamentos, mais de 200 motoristas e cobradores suspenderam as atividades nesta sexta-feira (23), em Londrina
Foto por N.Com
Escrito por Fernanda Neme
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

Por falta de pagamentos, mais de 200 motoristas e cobradores suspenderam as atividades nesta sexta-feira (23), em Londrina. Muitos estão reunidos com representantes do sindicato da categoria, o SINTTROL, em frente à uma das empresas responsáveis pelo transporte coletivo na cidade.

Segundo o presidente do sindicato, João Batista, o motivo da paralisação foi a falta de pagamento do vale mensal dos trabalhadores que deveria ter sido depositado no dia 21. O presidente disse que a empresa não vem cumprindo com a obrigação que tem com o trabalhador. Esse vale representa metade do salário. O vale mensal é 50% do salário nominal e é feito no 15 depois do quito dia útil

Outro problema apontado pelo presidente do sindicato é que a empresa estaria em dívida com o pagamento de uma parcelas anuais da PPR, Programa de Participação de Resultados. Ele explicou que os trabalhadores estão esperando e conversando com a empresa desde junho sobre o pagamento e sempre há adiamentos.

A outra parcela deve ser paga em dezembro ou janeiro. Porém, de acordo com João Batista, a primeira parcela ainda não foi quitada. 

O sindicato, junto dos trabalhadores, decidiram pela paralisação até que haja uma negociação efetiva e ocorra os pagamentos, ou uma proposta mais exata de quando o dinheiro será depositado, esclarece Batista.

“Estamos fazendo uma paralisação para que as população e as autoridades entenderam a situação que o trabalhador está vivendo. Então, o sindicato está aqui, hoje, fazendo o papel dele para forçar uma parada e para que haja uma solução definitiva”.   

Duas empresas que tem a concessão atuam em Londrina com o serviço de transporte coletivo. De acordo com a categoria, uma delas que apresentou os atrasos no pagamento. Em nota, a TCGL informou que está trabalhando para solucionar essa situação o mais rápido possível e que em breve divulgará mais informações. 

As informações são do site Tarobá News, de Londrina. 


Deixe seu comentário sobre: "Mais de 200 motoristas e cobradores suspendem atividades em Londrina"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.