Paraná

Londrina registra manhã mais fria dos últimos 20 anos

Com temperaturas tão baixas, o frio ainda foi mais intenso porque a sensação térmica chegou a ser negativa ao marcar -1,0 °C

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Londrina registra manhã mais fria dos últimos 20 anos
fonte: Reprodução/Aniele Nascimento
Londrina registra manhã mais fria dos últimos 20 anos

O frio intenso que estava previsto para esta manhã em Londrina se concretizou. Houve quebra de recorde na temperatura mínima. Conforme o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), Londrina registrou  0,5 graus durante a manhã desta quinta-feira, (29), o menor número já registrado nos últimos 20 anos. 

continua após publicidade

As previsões de frio intenso para a manhã desta quinta-feira (29) se confirmaram e ainda houve quebra de recorde na temperatura mínima. Por volta das 7h, Londrina registrou 0,5 grau, sendo a menor temperatura dos últimos 20 anos. “Essa temperatura tão baixa só foi superada em julho de 2000, quando, naquele ano, foi registrado -1,3 graus”, conta Ângela Costa, meteorologista do Instituto de Desenvolvimento Rural (IDR – Paraná).

Com temperaturas tão baixas, o frio ainda foi mais intenso porque a sensação térmica chegou a ser negativa ao marcar -1,0 °C. A meteorologista também confirmou que houve registro de geada na região. Ao longo do dia, não deve esquentar muito já que a temperatura máxima prevista deve ficar em 14°C.

continua após publicidade

Para esta sexta-feira (30), o frio deve se manter e continua a previsão de geada para todo o estado do Paraná. O frio intenso deve começar a amenizar no final de semana. “No domingo, o centro mais intenso da massa de ar polar se afasta e as temperaturas começam a ter uma gradual elevação. Sem previsão de chuva”, comenta Ângela.

Sobre se teremos ainda outra onda de frio tão intenso no inverno deste ano, a meteorologista explica que ainda é muito cedo para prever. “O inverno termina em setembro. Até lá, massas de ar de origem polar podem ingressar no continente. A intensidade não temos como prever”.

Com informações; Tem Londrina

Tags relacionadas: #INVERNO #Londrina #Simepar