Paraná

Justiça nega liminar para retorno remoto às aulas na UEM

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Justiça nega liminar para retorno remoto às aulas na UEM
fonte: da redação
Justiça nega liminar para retorno remoto às aulas na UEM

Estudantes do 5º Ano de Direito da Universidade Estadual de Maringá (UEM), entraram com ação popular na Justiça, propondo a volta imediata de forma remota das aulas. Por sua vez, o juiz responsável pela 2ª Vara da Fazenda Pública de Maringá, indeferiu a ação e pediu a Promotoria de Justiça e a própria UEM, que se manifestem a respeito. Segundo informações da Rádio CBN de Maringá, o processo está em andamento a espera de avaliação sobre o mérito.

continua após publicidade

A UEM nem chegou a iniciar o ano letivo em 2020, devido a pandemia e está debatendo desde o último dia 15 de julho, formas remotas de retorno. Ainda conforme a publicação, o tema foi retirado de pauta e volta a pauta na próxima semana.

Com CBN Maringá